06 – Lógica de Programação – Operadores e Expressões Aritméticas

Lógica de Programação – Operadores e Expressões Aritméticas

Usamos operadores aritméticos para construir expressões matemáticas que permitam a realização de cálculos e execução de fórmulas em um algoritmo. Os operadores aritméticos seguem as mesmas regras da matemática básica, incluindo a ordem de precedência dos operadores e sua simbologia, com algumas exceções.

A tabela a seguir mostra os operadores aritméticos empregados comumente na construção de algoritmos em lógica de programação:

Tabela de Operadores Aritméticos em Lógica de Programação

Note que para a multiplicação usamos o símbolo * (asterisco), e não o sinal de “vezes” (x). Cuidado para não se confundir ao criar expressões que envolvam multiplicação.

O módulo (%) representa o resto de uma divisão inteira entre dois números, ou seja, uma divisão que não gera um número com casas decimais. Por exemplo, 9 / 4 = 2 e sobra 1; essa sobra é o resto da divisão inteira, e é o valor retornado pelo operador de módulo. Para obter diretamente esse resto, basta usar o operador apropriado: 9 % 4 = 1.

Exemplos de expressões aritméticas

A seguir temos alguns exemplos comuns de expressões que podem ser construídas usando-se os operadores aritméticos listados anteriormente. Veja se você consegue descobrir o valor que será armazenado em cada variável após a expressão associada ter sido executada!:

x = 2 * 3
y = 5 * 2 * 2
z = 4 % 2
w = 8 / 4
k = 7 / 2
m = w + x * 3
n = (m - k) / 2

Vejamos agora alguns exemplos de algoritmos usando operadores aritméticos em lógica de programação.

Exemplos

Exemplo 01: Programa para somar dois números

Usando o Portugol Studio, vamos criar um programa simples que permite somar dois números usando o operador de adição +:

programa {
  inteiro x, y, z
  funcao inicio() {
    escreva("Entre com um número: ")
    leia(x)
    escreva("Entre com outro número: ")
    leia (y)
    // Realizar a soma dos dois números:
    z = x + y
    escreva ("A soma dos números é ", z)
  }
}

Exemplo 02 : Calcular o Δ de uma equação de segundo grau.

Vejamos um exemplo um pouco mais complexo. Vamos escrever um algoritmo que permita calcular o delta de uma equação do segundo grau.

A fórmula geral de uma equação do segundo grau é ax² + bx + c = 0, e a fórmula do delta é b²-4ac.
Os parâmetros que o usuário irá informar são os valores de a, b e c.

programa {
  inteiro a, b, c, delta
  funcao inicio() {
    escreva("Digite o valor de a: ")
    leia(a)
    escreva("Digite o valor de b: ")
    leia(b)
    escreva("Digite o valor de c: ")
    leia(c)
    escreva("A equação é " + a + "x² + " + b + "x + " + c + " = 0")
   // Calcular Δ
   delta = b * b - 4 * a * c
   escreva ("\nDelta da equação é ", delta)
  }
}

Ainda com dúvidas? Então assista a um vídeo sobre o assunto no canal da Bóson Treinamentos do YouTube:

Sobre Fábio dos Reis (1197 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 30 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Ciência e Tecnologia em geral, adora Viagens e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*