Como instalar o compilador GFortran no Linux para Fortran

Como instalar o compilador GFortran no Linux

Neste tutorial vou mostrar de forma simples e rápida como instalar e executar via terminal o compilador GNU Fortran (GFortran) em um computador com o sistema operacional Linux, para várias distribuições.

O que é o GFortran

O GFortran (GNU Fortran) é uma implementação da linguagem de programação Fortran no GCC, GNU Compiler Collection, software livre e de código aberto mantido por uma grande comunidade de programadores, que possui compiladores para uma série de linguagens, como C, C++, Ada e outras (além do Fortran, claro).

Instalação do GFortran

Antes de realizar a instalação do compilador em si, vamos primeiramente verificar se já não temos o GFortran instalado na distribuição Linux. Para isso, execute o comando a seguir no terminal:

which gfortran

Se nada for retornado no terminal, significa que o compilador não está presente no sistema. Teremos de instalá-lo.

Antes de prosseguir com a instalação, devemos atualizar a lista de pacotes dos repositórios:

sudo apt update

Após atualizar as listas de pacotes, vamos proceder à instalação propriamente dita do compilador GFortran. Se sua distribuição Linux for Debian ou baseada nele (Ubuntu, Mint, etc.), basta executar o comando a seguir :

sudo apt install gfortran

Caso sua distro seja baseada em pacotes RPM, como Red Hat Enterprise Linux, CentOS, ou Fedora, entre outros, execute:

sudo dnf install gcc-gfortran

Para versões mais antigas desses sistemas use:

sudo yum install gcc-gfortran

E se você estiver usando a distribuição Arch Linux ou derivada, use o gerenciador pacman:

sudo pacman -S gcc-fortran

Após o término da instalação, verifique se tudo correu bem consultando a versão instalada com a opção –version do comando gfortran, como segue:

gfortran --version

Saída:

GFortran instalado em um Linux Ubuntu, por Fábio dos Reis.

GFortran instalado no Linux Ubuntu

No meu caso, foi instalada a versão 11.4 do GFortran em um sistema Ubuntu Linux 22.04.

Caso não seja informada a versão, algo saiu errado. Tente executar novamente os passos anteriores.

Teste do gfortran

Se tudo correu bem, vamos escrever um programa simples para testar nosso compilador. Para isso, abra um editor de texto de sua escolha e crie um arquivo de nome “teste.f90” (o importante aqui é a extensão).

Por exemplo, vou usar o nano para isso:

nano teste.f90

No arquivo aberto digite o seguinte código:

program teste
  write(*,*) 'Teste de instalação do Fortran'
end program teste

Salve o arquivo e saia do editor.

Vamos compilar o programa no terminal. Para isso, execute o comando a seguir no diretório onde o arquivo foi salvo:

gfortran -o teste teste.f90

Liste o conteúdo da pasta para ver o programa gerado:

ls -l

Saída:

Resultado da compilação de um programa em Fortran no Linux

Note no meu exemplo o arquivo de nome “teste”, marcado em verde no meu terminal, que é o executável gerado pela compilação do programa com o comando gfortran. Note que ele já possui as permissões de execução configuradas, e desta forma pode ser diretamente executado.

A opção -o teste é usada para criar um executável de nome teste (ou do nome que você quiser); se essa opção não for usada, o programa será compilado normalmente, porém o arquivo gerado terá o nome padrão a.out.

Para conhecer mais opções do compilador gfortran, execute o comando gfortran –help no terminal.

Para finalizar, vamos então rodar o programa:

./teste

Resultado:

 Teste de instalação do Fortran

É isso aí! Compilador GFortran instalado com sucesso no Linux. Nos próximos artigos vamos configurar editores de texto mais elaborados para codificar com mais facilidade e também vamos estudar a sintaxe da linguagem Fortran – e também mostrarei como instalar o GFortran no Windows, entre outras tarefas.

Até!

Sobre Fábio dos Reis (1195 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 30 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Ciência e Tecnologia em geral, adora Viagens e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*