Introdução à Programação com a linguagem Ruby

Introdução à Linguagem Ruby

Artigo complementar do Curso de Programação em linguagem Ruby da Bóson Treinamentos no YouTube.

Neste artigo vamos apresentar sucintamente a linguagem de programação RubyCriada em 1995 por Yukihiro Matsumoto no Japão, a linguagem Ruby foi escrita em linguagem C.

O Ruby permite o desenvolvimento rápido e ágil de aplicações de diversos tipos, com ênfase em aplicações Web, graças a frameworks especializados disponíveis, como o famoso e amplamente empregado Ruby on Rails.

Trata-se de uma linguagem multiparadigma: o Ruby permite realizar programação procedural, orientada a objetos ou ainda programação funcional. Mas, primordialmente, trata-se de uma linguagem orientada a objetos.

Apesar de criado em 1995, o Ruby começou a se popularizar a partir da disponibilização do framework Ruby on Rails, no início de 2005. A versão mais recente do Ruby, no momento desta publicação, é a 2.7.x

Símbolo da linguagem Ruby

Símbolo da linguagem Ruby

Características da Linguagem Ruby

O Ruby possui uma série de características importantes, como por exemplo:

  • Linguagem de Propósito Geral: pode ser empregada no desenvolvimento de softwares de diversos tipos
  • Linguagem Open-source e orientada a objetos pura (tudo é objeto)
  • O Ruby é uma linguagem dinâmica e interpretada
  • Inspirada em linguagens como Perl, Eiffel, LISP, Ada e Smalltalk
  • Está disponível em várias plataformas e arquiteturas, tais como Linux, macOS e Windows (e outras!).
  • Suporta closures, iteradores, mixins, exceções, sobrecarga, blocos e reflexão, entre outros recursos especializados.
  • Trata-se de uma linguagem bastante expressiva e declarativa – com uma sintaxe muito elegante.

O site oficial do Ruby é o www.ruby-lang.org

Implementações do Ruby

Existem, na prática, várias implementações distintas da linguagem Ruby. A mais comum é a MRI (Matz´s Ruby Interpreter), originalmente desenvolvida por Matsumoto (daí o nome “Matz”). A lista a seguir traz algumas das implementações disponíveis do Ruby:

  • MRI (Matz´s Ruby Interpreter) / CRuby
  • JRuby (Ruby sobre JVM)
  • Rubinius
  • mruby
  • IronRuby (integrada ao .NET Framework)
  • Maglev
  • Cardinal

Entre outras. Em nossas aulas trabalharemos com a implementação padrão.

Empresas que usam Ruby e seus frameworks

Muitas empresas ao redor do mundo empregam o Ruby e seus frameworks para desenvolver seus sistemas. Alguns exemplos de empresas bem conhecidas que empregam o Ruby incluem:

  • Bloomberg
  • Slideshare
  • Groupon
  • GitHub
  • Heroku
  • Airbnb
  • SoundCloud
  • Shopify
  • Twitch

Entre muitas outras.

RubyGems

Trata-se do sistema de pacotes do Ruby. Um pacote Ruby é chamado de “gem” (“gema”). Os pacotes podem ser instalados facilmente por meio da linha de comandos, em qualquer sistema operacional.

As RubyGems facilitam a distribuição, instalação, atualização e remoção de bibliotecas e aplicações no sistema. A maior parte das gemas são bibliotecas, e algumas são aplicações. O site www.rubygems.org é um serviço de hospedagem de gems da comunidade Ruby, e nele podemos encontrar mais de 10 mil gemas hospedadas para instalação na implementação Ruby usada.

Também existem muitas bibliotecas Ruby hospedadas no GitHub.

Exemplo comparativo de códigos

Para mostrar o quão simples e elegante é um código escrito em Ruby (sem causar polêmica!), a seguir mostramos dois programinhas do tipo “Olá Mundo” (aqui adaptados como “Olá Bóson”), o primeiro com o código escrito em Java e o segundo em Ruby. Analise ambos e tire suas conclusões!:

Olá Bóson em Java:

package olaBoson;
public class OlaBoson {
    public static void main(String[] args) {
        System.out.println("Olá Bóson!");
    }
}

Olá Bóson em Ruby:

puts "Olá Bóson"

Uma única linha de código resolve o problema em Ruby.

Nos próximos tutoriais mostraremos como realizar a instalação do Ruby no Windows e no Linux, na squência, como programar nessa linguagem excelente.

Até a próxima!

Sobre Fábio dos Reis (1333 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*