O que é a Reatância Indutiva

O que é a Reatância Indutiva

Damos o nome de Reatância à oposição ao fluxo de corrente elétrica sem a dissipação de energia, de forma distinta da resistência elétrica, que também é uma oposição à passagem da corrente, porém com dissipação de energia na forma de calor.

A Reatância Indutiva (XL) é a oposição à passagem da corrente elétrica oferecida por um indutor (como uma bobina), sem a dissipação de energia. De forma análoga à resistência, é medida em ohms (Ω), e podemos calculá-la facilmente empregando a fórmula a seguir:

XL = 2πfL

onde:

  • XL é a reatância indutiva, expressa em ohms (Ω)
  • significa 2π radianos, ou 360°
  • f é a frequência da corrente alternada que atravessa o indutor, em hertz (Hz)
  • L é a indutância do indutor em henrys (H)

Arredondando, podemos tomar π como sendo igual a 3,14, e assim podemos usar a fórmula simplificada:

XL = 6,28fL

Como podemos ver pela fórmula, a reatância indutiva é diretamente proporcional à frequência aplicada, pois frequências mais elevadas causam maior mudança de corrente no indutor, e com maior mudança de corrente, mais força contra-eletromotriz é gerada, a qual está em oposição (“reatância“) ao fluxo da corrente no indutor.

Se uma frequência de 0 Hz for aplicada (corrente contínua), não há mudança na corrente ao longo do tempo, de modo que a reatância indutiva será igual a zero.

A reatância indutiva também é diretamente proporcional à indutância do elemento, pois quanto maior a indutância, maior o campo magnético gerado e, consequentemente, maior a força contra-eletromotriz.

Vejamos alguns exemplos de cálculos envolvendo a reatância indutiva.

Exemplo 01

Qual o valor da reatância indutiva da bobina L mostrada na ilustração a seguir?

Cálculo de Reatância Indutiva em uma Bobina

Resolução: Temos uma bobina cuja indutância informada é de 25 mH, sendo atravessada por uma corrente alternada de 3 A e frequência igual a 50 kHz. Aplicando a fórmula da reatância indutiva temos:

XL = 2πfL => 2 x 3,14 x 0,025 x 50.000 =
7850 Ω ou 7,85 kΩ

Portanto, a reatância da bobina é de 7,85 kΩ.

Exemplo 02

Calcule o valor da corrente que flui no circuito a seguir:

Exercício Resolvido de reatância Indutiva

Resolução: Temos aqui um circuito que consiste em uma fonte de tensão alternada de 10 V e 50 kHz, atravessando uma bobina cuja indutância é de 15 mH. Para calcular a corrente que a atravessa podemos aplicar a Lei de Ohm, usando o valor da reatância indutiva no lugar da resistência elétrica (ignorando outros fatores). Desta forma, calculamos primeiro a reatância da bobina:

XL = 2πfL => 2 x 3,14 x 0,015 x 50.000 =
4710 Ω (4,71 kΩ)

Agora aplicamos a lei de Ohm:

I = V/XL = 10 V / 4710 Ω = 2,12 mA

Portanto, a corrente que atravessa esta bobina é de 2,12 mA.

Quer aprender tudo sobre Eletrônica básica? Minha dica é o livro Eletrônica – Para Autodidatas, Estudantes e Técnicos – 2ª Edição, de Gabriel Torres, que você pode adquirir em formato digital com preço promocional clicando na imagem a seguir:

Eletrônica - Para Autodidatas, Estudantes e Técnicos - Gabriel Torres

 

Sobre Fábio dos Reis (1349 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*