Associação em Série e em Paralelo de Resistores

Associação em Série e em Paralelo de Resistores

Em circuitos eletrônicos é muito comum que resistores sejam associados entre si de várias formas, de modo a se obterem valores distintos de resistência elétrica combinada em pontos específicos do circuito, tendo essas associações diversas aplicações, como por exemplo a construção de um divisor de tensão.

As duas formas mais comuns de associação de resistores são a Associação em Série e a Associação em Paralelo.

Associação em Série de Resistores

Quando um circuito possui resistores associados em série, a resistência total do circuito será o somatório das resistências de cada resistor.. Desta forma, a quantidade de corrente elétrica que flui através de cada resistor será a mesma, ao passo que a tensão elétrica em cada resistor irá variar com a resistência de cada componente da associação. Uma das principais aplicações da associação em série de resistores é a criação de divisores de tensão.

Fórmula

A fórmula para calcular a resistência equivalente em uma associação em série é:

Fórmula da associação em série de resistores

Exemplo

Qual a resistência equivalente em uma associação de três resistores em série, na qual os resistores possuem respectivamente os valores de 220 Ω, 470 Ω e 1,2 kΩ?

Abaixo temos o diagrama esquemático do circuito:

Circuito da associação em série de resistores

 

Resolução:

Aplicando a primeira fórmula para cálculo de resistores associados em série temos:

Exemplo de associação em série de resistores

Portanto, a resistência equivalente deste circuito é de 1890 ohms.

Associação em Paralelo de Resistores

Quando associamos dois ou mais resistores em paralelo, a tensão sobre cada resistor será a mesma, porém a corrente elétrica que atravessará cada resistor irá variar, dependendo da resistência individual de cada componente. A resistência total (equivalente) da associação em paralelo será sempre menor do que o valor do menor resistor presente.

Fórmula

A fórmula para calcular a resistência equivalente em uma associação em paralelo é:

Fórmula da associação em paralelo de resistores

Note que quando temos dois resistores de mesmo valor associados em paralelo, sua resistência equivalente será exatamente a metade deste valor. Por exemplo, dois resistores de 220 Ω associados em paralelo resultam em uma resistência equivalente de 110 Ω.

Caso tenhamos apenas dois resistores associados em paralelo, porém de valores diferentes, podemos também usar a fórmula simplificada a seguir:

Associação de dois resistores em paralelo

Exemplo:

Qual a resistência equivalente em uma associação de três resistores em paralelo, na qual os resistores possuem respectivamente os valores de 220 Ω, 470 Ω e 1,2 kΩ?

Abaixo temos o diagrama esquemático do circuito:

Circuito de associação em paralelo de resistores

Resolução:

Aplicando a primeira fórmula para cálculo de resistores associados em paralelo temos:

Exemplo de associação em paralelo de resistores

Portanto, a resistência equivalente deste circuito é de 133,21 ohms.

É isso aí! É possível criar associações de resistores mais complexas, combinando as associações em série e em paralelo, ou ainda fazendo associação em estrela ou triângulo. Estudaremos essas formas de associação em uma próxima lição.

 

Sobre Fábio dos Reis (1344 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*