Declaração de Variáveis em C++

Variáveis em C++

As Variáveis, em programação, são identificadores que criamos para armazenar valores ou referências a objetos no código. Na prática, uma variável é um local nomeado na memória RAM do computador, onde valores são armazenados para processamento.

Quando criamos uma variável em C++, devemos informar o tipo de dado que ela armazenará. Podemos atribuir um valor à variável na hora em que a criamos (na sua declaração) ou posteriormente, em outro ponto do código.

Chamamos a esse processo de  “inicializar a variável”. Mesmo sendo possível inicializar uma variável em um momento posterior à sua declaração, o tipo de dado deve ser sempre atribuído quando a definimos.

O C++ não permite que utilizemos uma variável não inicializada para ajudar a impedir que dados não desejados (lixo de memória) sejam usados indevidamente na aplicação.

Como declarar uma variável em C++

O trecho de código a seguir demonstra a declaração de uma variável e a atribuição de um valor a ela. Em C++ temos duas formas de inicializar uma variável:

int var1 = 0;
int var2{1};

Basicamente, a sintaxe é a seguinte:

tipo identificador [= valor_inicialização]

Onde:

  • tipo é o tipo de dado que será armazenado na variável
  • identificador é o nome da variável
  • valor_inicialização é o valor a ser atribuído à variável (os colchetes denotam que o valor é opcional na declaração da variável, pois pode ser atribuído posteriormente).

Regras para identificadores

O C++ possui algumas restrições com relação a identificadores (nomes das variáveis e outros elementos) que é importante conhecer.

Primeiramente, os identificadores são case-sensitive porque a linguagem C++ é case-sensitive. Isso significa que identificadores como var1, Var1, e VAR1, são considerados identificadores diferentes (variáveis distintas).

Os identificadores somente podem ter letras (maiúsculas ou minúsculas), dígitos numéricos e o caractere underline. O identificador somente pode começar com uma letra ou um caractere underline _, não podendo começar com um número.
Assim, var1 e _var1 são nomes de variáveis válidos, mas 1var não é, pois começa com um dígito numérico.

A linguagem C++ possui também um conjunto de palavras reservadas que são usadas pela linguagem. Não podemos usar essas palavras reservadas como identificadores no código. É até possível empregar palavras reservadas em caso distinto (em maiúsculas, por exemplo), pois o C++ é case-sensitive, mas essa não é uma abordagem recomendada.

A lista a seguir mostra as palavras reservadas que você não deve usar para criar identificadores de nenhum tipo em C++.

Lista de palavras reservadas em C++

alignas continue friend register true alignof decltype goto reinterpret_cast tryasm default if return typedef auto delete inline short typeid bool do int signed typename break double long sizeof union case dynamic_cast mutable static unsignedcatch else namespace static_assert usingchar enum new static_cast virtualchar16_t explicit noexcept struct voidchar32_t export nullptr switch volatile class extern operator template wchar_tconst false private this while constexpr float protected thread_localconst_cast for public throw

A lista de palavras reservadas pode ser alterada ao longo do tempo, conforma a linguagem vai evoluindo e novos padrões são publicados. Para se manter atualizado com relação às palavras reservadas em C++, sempre verifique a documentação mais atual padrão do C++, que pode ser acessada aqui: https://isocpp.org/files/papers/N3690.pdf

Exemplos de declaração de variáveis em C++

Vejamos alguns exemplos de declaração e atribuição de variáveis em C++ agora.

#include <iostream>

using namespace std;

int main() {
  int a;
  int b;
  a = 10;
  b = 20;
  cout << "Valor de a: " << a;
  cout << "\n";
  cout << "Valor de b: " << b << endl;

  int res;
  res = a + b;
  cout << "Valor de res: " << res << endl;

  int c(15);
  int d(30);
  int result {c + d};
  cout << "Valor de result: " << result << endl;

  return 0;
}

Resultado:

Declaração de variáveis em C++

É isso aí! Nas próximas lições veremos como usar funções de entrada e saída de dados em C++ (como a função cout mostrada no exemplo), além de empregar operadores diversos para manipular valores armazenados em variáveis.

 

Sobre Fábio dos Reis (1365 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*