Triggers em MySQL – Definição, Sintaxe e Criação – 44

Triggers em MySQL

Neste artigo vamos introduzir o conceito de triggers em MySQL, com exemplos de código e aplicações.

O que é um Trigger SQL?

Um trigger (“gatilho”) é um objeto programável do banco de dados associado a uma tabela. Trata-se de um procedimento que é invocado automaticamente quando um comando DML é executado na tabela, sendo executado para cada linha afetada. Desta forma, as operações que podem disparar um trigger são:

  • INSERT
  • UPDATE
  • DELETE

Geralmente, os triggers são empregados para verificar integridade dos dados, fazer validação dos dados e outras operações relacionadas.

Diferença entre Trigger e Procedimento Armazenado

Tanto os triggers quanto as stored procedures são objetos programáveis de um banco de dados. Porém, eles possuem diferenças importantes entre si, que afetam o modo como são aplicados. Algumas das principais diferenças entre trigger e procedimentos armazenados são:

  • Um Trigger é associado a uma tabela.
  • Os triggers são armazenados no próprio banco de dados como arquivos separados.
  • Triggers não são chamados diretamente, sendo invocados automaticamente, ao contrário dos procedimentos armazenados.
  • Procedimentos armazenados podem trabalhar com parâmetros; Não passamos parâmetros aos triggers.
  • Os triggers não retornam um conjunto de resultados (resultset) ao cliente chamador.

Aplicações dos triggers

As principais aplicações dos triggers em bancos de dados são:

  • Validação de Dados (tipos de dados, faixas de valores, etc).
  • Rastreamento e registro de logs de atividades em tabelas.
  • Verificação de integridade de dados e consistência
  • Arquivamento de registros excluídos.

Modos de Disparo de um Trigger

Um Trigger em MySQL pode ser disparado de dois modos diferentes:

  • BEFORE – O trigger é disparado e seu código executado ANTES da execução de cada evento – por exemplo, antes de cada inserção de registros na tabela.
  • AFTER – O código presente no trigger é executado após todas as ações terem sido completadas na tabela especificada.

Sintaxe para criação de um trigger em MySQL

Para criar um trigger em MySQL usamos a seguinte sintaxe:

CREATE TRIGGER nome timing operação
ON tabela
FOR EACH ROW
declarações

Onde:

  • timing pode ser BEFORE ou AFTER
  • operação pode ser INSERT / UPDATE / DELETE

Exemplo

Neste exemplo criaremos uma tabela chamada Produto, que conterá os seguintes dados:

  • Nome do produto
  • Identificação do produto (chave primária)
  • Preço normal
  • Preço com desconto a ser aplicado

Logo após criaremos um trigger de nome tr_desconto, cuja função será aplicar um valor de desconto de 10% à coluna Preco_Desconto quando for disparado. Ou seja, todos os produtos terão seu preço reduzido em 10% nesta coluna. O trigger será disparado ao inserir um novo registro na tabela, o que faremos no passo 3. Veja o código completo do exercício a seguir:

-- 1. Criar a tabela de exemplo:
CREATE TABLE Produto (
idProduto INT NOT NULL AUTO_INCREMENT,
Nome_Produto VARCHAR(45) NULL,
Preco_Normal DECIMAL(10,2) NULL,
Preco_Desconto DECIMAL(10,2) NULL,
PRIMARY KEY (idProduto));

-- 2. Criar o Trigger:
CREATE TRIGGER tr_desconto BEFORE INSERT
ON Produto
FOR EACH ROW
SET NEW.Preco_Desconto = (NEW.Preco_Normal * 0.90);

-- 3. Executar uma inserção que irá disparar o Trigger:
INSERT INTO Produto (Nome_Produto, Preco_Normal)
VALUES ("DVD", 1.00), ("Pendrive", 18.00);

-- 4. Verificar se trigger foi disparado observando o preço com desconto:
SELECT * FROM Produto;

Como excluir um trigger

Para excluir um trigger em MySQL usamos a declaração DROP TRIGGER, seguida do nome do trigger, como no exemplo:

DROP TRIGGER tr_desconto;

Saiba mais sobre triggers em MySQL assistindo ao vídeo a seguir:

 

Sobre Fábio dos Reis (1337 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

1 Comentário em Triggers em MySQL – Definição, Sintaxe e Criação – 44

  1. Augusto Cesar Nunes // 07/03/2019 em 16:41 // Responder

    Prezado Fábio, quero parabenizá-lo pelos excelentes treinamentos que você disponibiliza, os quais venho acompanhando a bastante tempo e tem me ajudado bastante.

    Estou aprofundando meus conhecimentos em Banco de Dados, em particular o MySQL, e seguindo o seu curso do mesmo, escrevi duas triggers (uma para BEFORE INSERT e outra para BEFORE UPDATE), e uma STORED PROCEDURE para validar uma entrada de dados antes de gravar em uma tabela.

    A criação da tabela, da STORED PROCEDURE e das TRIGGERS estão funcionando corretamente, porém quando executo o INSERT, é apresentado um erro e não consigo inserir os dados na tabela.

    Poderia dar uma ajuda? Onde estou errando?

    Segue abaixo todo o script que criei, para sua compreensão:


    — Script para criação e exibição da estrutura da tabela tbl_teste
    — Nome do script: cria_tbl_teste.sql

    — Chamada para execução do script:

    — mysql> SOURCE C:/cria_tbl_teste.sql

    DELIMITER $$
    DROP TABLE IF EXISTS tbl_teste;

    CREATE TABLE tbl_teste (
    id INT(11) PRIMARY KEY AUTO_INCREMENT,
    dia_abreviado VARCHAR(3));

    DESCRIBE tbl_teste;
    $$
    DELIMITER ;


    — Cria a PROCEDURE para ser utilizada pela TRIGGER

    DELIMITER $$
    DROP PROCEDURE IF EXISTS validarDia;

    CREATE PROCEDURE validarDia (IN dia_abreviado VARCHAR(3))

    BEGIN
    IF (NEW.dia_abreviado ‘DOM’) AND (NEW.dia_abreviado ‘SEG’) AND (NEW.dia_abreviado ‘TER’) AND (NEW.dia_abreviado ‘QUA’) AND (NEW.dia_abreviado ‘QUI’) AND (NEW.dia_abreviado ‘SEX’) AND (NEW.dia_abreviado ‘SAB’) THEN
    SIGNAL SQLSTATE ‘45000’ SET MESSAGE_TEXT = ‘Abreviacao do dia incorreta’;
    END IF;
    END
    $$
    DELIMITER ;


    — TRIGGER que testa o dia quando é feito um INSERT na tabela tbl_teste:

    DELIMITER $$
    DROP TRIGGER IF EXISTS insertDia;

    CREATE TRIGGER insertDia BEFORE INSERT ON tbl_teste FOR EACH ROW
    CALL validarDia(dia_abreviado);
    — END
    $$
    DELIMITER ;


    — TRIGGER que testa o dia quando é feito um UPDATE na tabela tbl_teste:

    DELIMITER $$
    DROP TRIGGER IF EXISTS updateDia;

    CREATE TRIGGER updateDia BEFORE UPDATE ON tbl_teste FOR EACH ROW
    CALL validarDia(dia_abreviado);
    — END
    $$
    DELIMITER ;


    — Testa a inserção de dados na tabela tbl_teste:

    INSERT INTO tbl_teste (dia_abreviado) VALUES (‘DOM’);
    INSERT INTO tbl_teste (dia_abreviado) VALUES (‘ABC’);

    SELECT * FROM tbl_teste;

    As mensagens decorrentes da execução do script são as seguintes:

    mysql> SOURCE C:/create_trigger_01.sql
    Query OK, 0 rows affected (0.17 sec)

    Query OK, 0 rows affected (0.33 sec)

    +—————+————+——+—–+———+—————-+
    | Field | Type | Null | Key | Default | Extra |
    +—————+————+——+—–+———+—————-+
    | id | int(11) | NO | PRI | NULL | auto_increment |
    | dia_abreviado | varchar(3) | YES | | NULL | |
    +—————+————+——+—–+———+—————-+
    2 rows in set (0.41 sec)

    Query OK, 0 rows affected (0.02 sec)

    Query OK, 0 rows affected (0.02 sec)

    Query OK, 0 rows affected, 1 warning (0.00 sec)

    Query OK, 0 rows affected (0.01 sec)

    Query OK, 0 rows affected, 1 warning (0.00 sec)

    Query OK, 0 rows affected (0.02 sec)

    ERROR 1054 (42S22): Unknown column ‘dia_abreviado’ in ‘field list’
    ERROR 1054 (42S22): Unknown column ‘dia_abreviado’ in ‘field list’
    Empty set (0.00 sec)

    Agradeceria imensamente qualquer ajuda, pois já pesquisei bastante na Internet, sem sucesso…

    Um grande abraço e no aguardo de um breve contato,

    atenciosamente

    Augusto Cesar Nunes

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*