Ferramenta de Configuração YaST – openSUSE 13.2 Linux – – 02

Ferramenta de Configuração YaST

Vamos abordar hoje um recurso extremamente interessante encontrado nos sistemas SUSE SLES e openSUSE para gerenciamento do sistema: o pacote YaST.
O YaST é uma ferramenta de configuração de sistemas que pode ser utilizado a partir de uma interface baseada em textos (TUI) ou uma interface gráfica completa (GUI). A palavra YaST é uma sigla que significa “Yet Another System Tool”, e essa ferramenta permite que os administradores de sistemas instalem e removam softwares, configurem o hardware de servidores e estações de trabalho, configurem a rede e segurança, entre muitas outras funções. O YaST é escrito na linguagem de programação Ruby.

 

Podemos abrir o YaST a partir da interface gráfica simplesmente acessando (no KDE) o menu do Kickoff -> Computador -> YaST:

 

Podemos abrir o modo gráfico completo do YaST a partir do Terminal emitindo o comando a seguir:
$ xdg-su -c yast2

 Em ambos os casos será solicitada a senha de root para que o YaST possa ser executado. Digite a senha e clique em OK:

 

Eis a janela do Centro de Controle YaST que será aberta:

 

O YaST possui dois frontends gráficos disponíveis: GTK e Qt. Eles são bem parecidos entre si. O GTK é aberto por padrão casos eu desktop seja o GNOME, e o Qt é aberto por padrão se você estiver usando o ambiente gráfico KDE. Caso queira abrir um desses frontends específicos, emita um dos comandos a seguir:
Se estiver usando o  GNOME e quiser carregar o YaST com a interface Qt:
xdg-su -c “yast2 –qt”
Se estiver usando o KDE e quiser abrir o YaST com interface GTK:
xdg-su -c “yast2 –gtk”

Na janela do Centro de Controle do YaST temos dois painéis principais: à esquerda temos uma lista de categorias de configurações disponíveis (módulos). Ao clicarmos em uma das categorias, seu conte´[udo será exibido no quadro à direita, que mostra o conteúdo para cada categoria, e permite o acesso aos módulos de configuração individuais.

 No painel da esquerda temos também uma caixa de pesquisa para que possamos localizar com mais facilidade os módulos. Por exemplo, se quisermos localizar rapidamente o módulo de configuração de firewall podemos pesquisá-lo na caixa de buscas:

Assim o acesso aos módulos é facilitado. Veja que o módulo de firewall pertence à categoria Segurança e usuários. Basta clicar sobre o módulo desejado para abrir suas configurações:
Você pode realizar as configurações desejadas e clicar em Próximo para aplicá-las. Ou simplesmente clique em Cancelar para voltar à tela principal do Centro de Controle.
Nos próximos artigos iremos usar o YaST para configurar diversas funções e serviços de um servidor openSUSE.

 Vejamos agora o uso do YaST no modo texto. Feche a janela do Centro de COntrole YaST, abra um terminal e emita o comando a seguir:

$ sudo yast

 Veja a interface que será aberta no próprio terminal:

 

Temos aqui dois painéis também: o da esquerda possui a lista de categorias, e o da direita exibe o conteúdo (módulos) de cada categoria selecionada. Para navegar entre os itens, use as setas de direção do teclado, e as teclas Tab e Shift + Tab para alternar entre os painéis.
Na barra de status da janela (parte inferior) temos uma listagem de teclas que podem ser usadas no contexto atual. Por exemplo, a tecla F1 abre a ajuda do YaST e a tecla F9 sai do utilitário.
Podemos também executar comandos usando a combinação das teclas Alt + letra em destaque, como nos exemplos a seguir:
Alt + R executa o item selecionado, e Alt + Q fecha o YaST.

 Vejamos um exemplo de uso. Se quisermos alterar o fuso horário do computador, iremos acessar a categoria System, e entãpo no painel do lado direito o módulo Date and Time:

 Pressione Enter no teclado e aguarde o módulo ser carregado:

Agora basta escolher a configuração a ser aplicada e selecionar a opção OK, o se não quiser alterar nada, simplesmente escolha a opção Cancel para retornar à tela inicial do YaST.

Se preferir, assista ao vídeo que mostra o procedimento completo:

 

Agora você sabe usar o YaST nos modos TUI e GUI, e nos próximos artigos iremos explorar os diversos módulos existentes para realizar as configurações em um servidor openSUSE.

Sobre Fábio dos Reis (1339 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. 10 Distribuições Linux utilizadas pela Bóson Treinamentos

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*