Configuração de Rede Básica – Comandos ifconfig e dhclient – Linux

Configuração de Rede Básica no Linux - Comandos ifconfig e dhclient

Comando ifconfig

O comando ifconfig é utilizado para configurar interfaces de rede.
Das páginas de manual:
“ifconfig   é   usado  para  configurar  (e  posteriormente  manter)  as
interfaces de rede. É usado durante o boot para  configurar  a  maioria delas  para  um  estado usável. Depois disto, é normalmente somente necessário durante depurações ou quando for necessária uma configuração fina do sistema.
Se nenhum argumento for informado, ifconfig somente mostra o estado das interfaces correntemente  definidas. Se um argumento interface for informado, ele mostra somente o estado da interface informada. De outra forma ele assume que os parâmetros devem ser configurados”.
 
Sintaxe:
# ifconfig [interface] [opções | endereços]
 
Opções principais:
-a
Mostrar todas as interfaces de rede, mesmo as desativadas.
-s
Mostrar uma lista curta de informações sobre as interfaces.
[interface]
O nome da interface de rede a configurar / consultar.
up
Flag para ativar a interface
down
Flag para desativar o driver  da interface
[-]arp
Habilitar ou desabilitar (-) o uso do protocolo arp na interface.
[-]allmulti
Habilita ou desabilita o modo promíscuo da interface
mtu N
Parâmetro que configura a MTU (Unidade Máxima de Transferência) da interface. Para Ethernet é um valor entre 1000 e 2000, sendo o padrão 1500.
netmask [endereço]
Ajusta o valor da máscara de subrede da interface.
[-]broadcast [endereço]
Permite configurar o endereço de broadcast da interface
hw [classe] [MAC]
Configura o endereço de hardware (“MAC Address”) da interface, se o driver do dispositivo suportar essa operação. A classe mais comum é ether (Ethernet).
 
Algumas das informações retornadas pelo comando ifconfig são:
Link encap: Encapsulamento da camada de enlace
Endereço de HW: MAC address da interface
inet end.: Endereço IP da interface
Bcast: Endereço de broadcast da interface
Masc.: Máscara de subrede
endereço inet6: Endereço IPv6 da interface
Escopo: Onde o endereço é válido (Link = rede local; Máquina = loopback)
Vamos a alguns exemplos de uso do comando ifconfig:
 
1. Verificar as configurações atuais do primeiro adaptador de rede da máquina (eth0 geralmente):
# ifconfig eth0
Comando ifconfig no Linux - LPIC 1
2. Verificar todas as interfaces de rede, ativas e inativas:
# ifconfig -a
Comando ifconfig no Linux - Rede
Note que a interface eth1 no meu exemplo ainda não está configurada (está sem endereçamento).
 
3. Desativar a interface eth0:
# ifconfig eth0 down
Podemos usar também:
# ifdown eth0
 
4. Reativar a interface eth0:
# ifconfig eth0 up
Podemos usar também:
# ifup eth0
 
5. Configurar a interface eth1 com o endereço IP 192.168.1.50, máscara 255.255.255.0 e ativá-la. Verificar a operação com ifconfig eth1:
# ifconfig eth1 192.168.1.50 netmask 255.255.255.0 up
comando ifconfig com nemask no Linux LPI 1
 
6. Mudando o MTU da interface eth1 para 1200:
# ifconfig eth1 mtu 1200
Configurar rede no Linux - ifconfig e mtu - LPIC 1
 
7. Alterando o endereço MAC da interface eth1 para 11:22:33:AA:BB:CC
# ifconfig eth1 hw ether 11:22:33:AA:BB:CC
Há diversos outros comandos disponíveis para configuração de parâmetros de rede no Linux, tais como route, ifquery, iwconfig, ping, e netstat. Falaremos sobre esses comandos nos próximos artigos, além de abordarmos inúmeros arquivos de configuração usados no Linux, como /etc/hosts e /etc/network/interfaces.
Enquanto isso, assista a um vídeo da Bóson treinamentos sobre os comandos abordados nesse artigo:
Sobre Fábio dos Reis (1176 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Astronomia, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*