Correio do Leitor – Python, Acesso Remoto, Salários em TI, Certificados, Linux, etc.

Correio do Leitor

Fábio dos Reis

Olá Pessoal!

Feriado prolongado se aproximando, o pessoal se aprontando para ir para a praia - ou para descansar em casa - e chegou a hora de responder a mais uma leva de perguntas dos leitores do blog e assinantes do Canal do YouTube. 

Hoje temos dúvidas referentes à várias áreas da tecnologia, como linguagens de programação, redes de computadores, Linux, carreira em TI, entre outras.

Vamos lá!

Ola Fábio tenho uma dúvida, estou estudando programação em Python e sinto que não estou conseguindo aprender as coisas, por que não consigo resolver muitos dos exercícios sozinho, será que você tem alguma recomendação de livro para me ajudar ?
Maycon

Olá Maycon! Existem muitos livros no mercado para quem deseja estudar Python, e eu recomendo os seguintes para quem está iniciando ou tem dificuldades com a linguagem:

  • Introdução à Programação com Python (Nilo Ney Coutinho Menezes) - Básico, conciso e com um preço bem acessível.
  • Aprendendo Python, 5ª edição (Mark Lutz, David Ascher) - Um pouco mais antigo, mas bastante completo.
  • Learning Python the Hard Way (Zed Shaw) ) - Livro excelente, em inglês, com exercícios passo-a-passo e muito código para treinar. Pode ser acessado gratuitamente aqui: https://learnpythonthehardway.org/book/
  • Pense em Python (Allen B. Downey)

Procure ler códigos prontos e tentar entender linha a linha o que cada instrução faz. Depois, digite e execute os códigos, e tente alterar os programas ligeiramente, para ir se familiarizando com com as funções e estruturas da linguagem. E então, comece a desenvolver pequenos programas e a resolver exercícios dos próprios livros ou de sites da Internet. Desta maneira, seu aproveitamento deve subir bastante e você deve ser capaz, depois de algum tempo, de escrever seus próprios programas em Python e resolver exercícios mais complexos.

Boa noite Fabio, me chamo Cleicião moro no mato e venho acompanhando suas video aulas a algum tempo, gostaria de saber se posso contar com sua ajuda.
Trabalho em uma empresa que presta assistência em microcomputadores e outros diversos aparelhos, como faço atendimentos externos sempre carrego comigo um pendrive com os programas necessários coisa que fica um pouco inviável por conta de vírus. Criei um servidor ftp com ubuntu porem só consegui o acesso ao servidor dentro da minha rede local, quando tento acessar de forma da minha infra não obtenho sucesso. Gostaria de saber se existe alguma vídeo aula em seu canal que ensina a configurar um ftp para acesso de forma da minha rede.
Cleicião

Olá Cleicião!

Pelo que entendi, você quer acessar um serviço que roda internamente em um servidor da sua empresa a partir de um local remoto. Para isso, você precisa se certificar de que exista um redirecionamento de portas no roteador de entrada da rede, que direcione o tráfego destinado à porta de FTP (geralmente 21) para a máquina que executa o serviço. O firewall da rede também deve estar configurado para permitir o tráfego de pacotes FTP.

A configuração exata desse redirecionamento de portas vai depender do modelo de roteador presente na rede, mas no geral é uma simples associação entre o serviço (porta de comunicação) e o endereço IP interno do servidor a ser acessado.

Além disso, você vai precisar saber o IP externo de sua rede (fornecido pelo provedor), ou usar um serviço do tipo DNS dinâmico para que possa acessar o roteador e, assim, conseguir alcançar seu servidor FTP.

Boa tarde professor
Me chamo Jerónimo, vivo em Angola e tenho acompanhado o canal e os cursos que têm passado. Desta forma, eu me interessei em fazer um curso no site, " bóson treinamentos", onde que no final do curso venha ter um certificado.
como posso fazer este curso, via online?
Têm um site especializado a este efeitos?
Jeróninmo Némesis

Olá Jerónimo!

No momento não fornecemos certificados dos cursos aqui da Bóson. Porém, estamos negociando para publicar nossos cursos no portal Aula EAD, de meu amigo Leandro Ramos, e lá os cursos terão certificados disponíveis.

Em breve vamos publicar os cursos, e eu avisarei a todos por meio de uma chamada em vídeo no canal do YouTube da Bóson Treinamentos. 

Abraço!

Olá Fábio, tudo bom? Eu me chamo Rafael e pretendo ingressar no curso de engenharia da computação. No entanto me deparo com um cenário esterrecedor, onde páginas voltadas para o público de computação (no geral) faz sátiras com salários baixos. Devido a isso ser até comum (diversas páginas do gênero postando), me incomoda e imagino que a outros esse tipo e visão, onde você parece estudar muito para ganhar algo que, pelo menos no meu ver não é justo.
OBS: Se puder retratar do fato do trabalho do técnico é visto por muitos como algo desvalorizado e as vezes até banal.
Abraços 🙂
Rafael Lima

Olá Rafael! Realmente, existem muitos sites que trazem artigos falando sobre salários baixos em TI, e muitas páginas, por exemplo do Facebook, fazendo sátiras com a situação.

Infelizmente, os salários em TI estão defasados, e aparentemente declinando ao longo do tempo. Talvez isso se deva à disponibilidade da mão-de-obra, que aumentou muito nos últimos anos, talvez uma visão depreciativa de algumas empresas sobre os profissionais de tecnologia da informação, ou até mesmo má-fé, pois algumas empresas deliberadamente pagam salários muito baixos para diminuir custos ou porque consideram a área de TI como um "custo", em vez de um investimento.  A "crise" também tem um grande efeito nesse processo.

Com relação ao trabalho do técnico ser visto como algo desvalorizado e até banal, isso realmente ocorre, por vários motivos. Muitas vezes as funções dos técnicos não são compreendidas pelos funcionários não-técnicos, que acham se tratar de processos simples - para muitas pessoas, o papel do técnico é apenas trocar mouses ou ligar cabos de rede, mas na prática não é bem assim, como sabemos.

Mas, de qualquer forma, ainda é uma área atrativa, desde que você invista em sua formação com seriedade e disposição. Aprender o máximo que for possível e aplicar os conhecimentos é de suma importância, além de evitar sujeitar-se a salários baixos - isso diminui as chances do profissional ser visto como "inferior" na organização. É crucial mostrar a importância do trabalho da área de TI para que todos deem o devido valor ao profissional. E, claro, especializar-se em áreas chave muda totalmente a visão que se tem do profissional - DBAs, programadores em linguagens de nicho, técnicos de equipamentos complexos, cientistas de dados,  especialistas em tecnologias de ponta tendem a ser vistos com bons olhos na maioria das vezes, além de auferirem salários substancialmente maiores.

Oi professor !
Comecei a assistir as vídeos aulas a pouco tempo e estou gostando muito do aprendizado que é muito bom e de ótima qualidade. Trabalhei como Técnico de Suporte Nível 2 e estou no último semestre da Faculdade de Tecnologia em Redes de Computadores. Quero me especializar mas ainda não sei se estou no caminho certo, estou aprendendo Linux por conta própria e espero que este seja o caminho.
Quero ter um foco para me dedicar e me profissionalizar em Linux, me parece uma boa alternativa, mas fico preocupado de fazer a escolha errada e de repente ter que desistir e acabar tentado outro tipo de conhecimento em TI.
Professor sabe o que preciso para ser um bom administrador de Linux e qual linguagem de programação é importante para esta plataforma ?
Obrigado
Rodrigo

Olá Rodrigo!

Linux nunca é uma má escolha 🙂

O que você precisa para ser um bom administrador de sistemas e redes usando Linux é ter vontade de aprender e curiosidade sobre o funcionamento das tecnologias. E, claro, se dedicar bastante ao estudo do sistema.

Basicamente, você precisa:

  • Aprender o básico do funcionamento e operação do sistema Linux
  • Aprender Shell Scripting para a criação de scripts de automatização de tarefas.
  • Linguagens de programação: Ainda para scripts: recomendo estudar ao menos o básico de Python (e, claro, Lógica de Programação).
  • Conhecer o básico de redes de computadores, com ênfase no modelo OSI e na pilha TCP/IP
  • Estudar Segurança de Redes, e conhecer as principais ferramentas de criptografia e também o funcionamento de firewall e proxy.
  • Aprender a usar ferramentas de automatização e gerenciamento de configuração de redes.
  • Estudar Virtualização / Computação em Nuvem / Contêineres

Parece bastante coisa não é? E é mesmo. Mas vale a pena, todo o conhecimento adquirido vai permitir que você seja um ótimo profissional e tenha uma carreira de sucesso.

Tudo isso você pode encontrar no canal do YouTube da Bóson Treinamentos, aqui neste blog e no Planeta Unix, e também em muitos outros sites, blogs e canais, além é claro dos inúmeros livros disponíveis no mercado.

Oi Bóson, eu estou no terceiro do ensino médio, gostaria de sair da escola e fazer um técnico pra depois entrar em uma faculdade, mas ainda não tenho certeza do que eu realmente quero, o que você me recomenda?
Brenda Albuquerque

Oi Brenda! 

Tanto o curso técnico quanto a faculdade são importantes, porém eles tem foco diferente. Um curso técnico é recomendado para quem deseja começar a atuar na área mais rapidamente, pois é um curso de duração menor e que permite o ingresso mais rápido no mercado de trabalho - porém, em funções de hierarquia mais baixa geralmente, com remuneração menor.

Se você não tiver necessidade de ingressar no mercado tão cedo, recomendo fazer a faculdade. Aliás, existem cursos de nível superior de curta duração - Tecnológicos - que permitem o ingresso no mercado em algo como 2,5 ou 3 anos inclusive, e que podem ser uma boa opção intermediária entre um curso técnico e uma graduação mais tradicional (bacharelado / licenciatura).

Recomendo assistir ao vídeo a seguir, no qual falo sobre Faculdades em TI para se aprofundar mais no assunto:

Olá Ronaldo!
Se seu foco é trabalhar na área de hardware - e com isso entendo desenvolvimento de hardware, e ão necessariamente manutenção de computadores - então o curso de graduação mais indicado seria Engenharia da Computação, pois nesse curso você aprenderá, além do básico de tecnologia da informação, também um pouco de Física, Eletrônica e Matemática, que serão necessários para o desenvolvimento de circuitos e equipamentos de hardware.
O curso de Engenharia Elétrica também é uma boa pedida, e se for necessário você pode complementar com cursos livres de TI, como programação ou redes de computadores.
 

Olá, eu sou formado em ADS e estou cursando SI, devido a um estágio que consegui. Porém fui efetivado e agora não sei se faz sentido eu continuar essa faculdade ou se é melhor fazer algumas certificações e inglês que não tenho fluência. Gostaria de saber a sua opinião sobre isso.
Ronaldo Gentil

Ronaldo, se você já é formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, talvez seja mais interessante fazer uma pós-graduação em vez da faculdade de Sistemas de Informação, devido à similaridade entre os cursos. 
Aprender inglês é realmente uma necessidade básica, e recomendo que você o faça sem pestanejar. Já com relação às certificações, somente valem a pena se forem agregar conhecimento à sua área de atuação (não citada), ou se a empresa onde você trabalha exigi-las; caso contrário, serão apenas enfeites para o currículo (claro que o conhecimento sempre é válido!).
Abraço!
 
 
É isso aí pessoal! Se tiver dúvidas referentes à carreira e estudos em tecnologia, dúvidas técnicas gerais, ou outras, basta deixar sua pergunta em um dos vídeos do canal da Bóson no YouTube, em nossa página do Facebook, via Twitter, ou ainda enviá-la para nosso e-mail: fabiodosreis@bosontreinamentos.com.br
 
Abraço!
 
Sobre Fábio dos Reis (1193 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Astronomia, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*