Como fazer anotações de forma produtiva durante uma aula

Como fazer anotações durante uma aula ou palestra

caderno de Anotações de aula

Ao assistir a uma aula, palestra ou seminário, temos sempre uma dúvida: como lembrar de tudo o que foi dito posteriormente? A forma mais comum de registrar o conteúdo passado é fazendo anotações.

Há muitas maneiras diferentes de se fazer anotações durante uma aula ou palestra na escola. Algumas pessoas gostam de escrever frases, anotar palavras-chave, fazer desenhos ou diagramas ou até mesmo criar pequenos mapas mentais, entre outros.
E existem técnicas estruturadas, que seguem determinadas regras e padrões, que podem trazer benefícios adicionais ao estudante, incluindo maior facilidade em se compreender o assunto, maior facilidade para rever as anotações e maior retenção do conteúdo anotado.

Neste artigo vou detalhar técnicas gerais que podem ser empregadas para aumentar a eficiência do aluno ao fazer anotações enquanto assiste a uma aula.

Falaremos especificamente sobre técnicas estruturadas, como o Método de Cornell em nosso próximo artigo sobre o assunto.

Dicas para fazer anotações em aula

  • Evite tentar transcrever o que o professor diz, escrevendo palavra por palavra. Tente anotar usando suas próprias palavras, pois isso leva a uma maior retenção do conteúdo, pois ele deve ser pré-processado pelo cérebro para que possa ser expresso com suas palavras.
  • Revise suas anotações no mesmo dia em que as criou, e realize essa revisão regularmente. Repetição espaçada é uma ótima forma de fixar conteúdo na mente.
  • Sempre teste seu conhecimento a respeito do conteúdo das notas tomadas, por meio de quizzes, usando flashcards ou outras técnicas, como o Método de Cornell
  • Testar-se é importante pois te ajuda a identificar pontos que você não compreendeu corretamente, além do fato que realizar testes é uma forma de revisar a matéria estudada ("Recall").
  • Onde fazer anotações? Devemos usar papel e caneta ou um notebook? Cada opção tem seus prós e contras, e é importante determinar o que é mais adequado para seu caso.
  • É muito comum acharmos que absorvemos o conteúdo ministrado na aula de forma muito mais aprofundada do que realmente o fizemos. Isso se chama Ilusão de Competência, e pode levar a decisões muito equivocadas de estudo - como por exemplo, não estudar um tópico por achar que o domina.
  • Antes de uma aula, é interessante se familiarizar com os tópicos ou ideias principais que serão apresentadas. Assim, durante a aula será mais fácil determinar o que vale a pena anotar e o que pode ser deixado de lado, otimizando o processo.
  • Tente fazer conexões entre o conteúdo sendo estudado e conteúdos já estudados anteriormente. Desta forma, será possível resgatar ideias relacionadas quando for necessário, e identificar relacionamentos que poderiam passar despercebidos.
  • Sempre que necessário, faça perguntas ao professor antes de fazer uma anotação. Isso faz com que o conhecimento seja organizado antes de ser escrito.

E não se esqueça: assistir a uma aula com sono é uma péssima ideia. Saiba mais lendo nosso artigo sobre a relação entre Sono, Memória e Aprendizado.

 

Sobre Fábio dos Reis (1262 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*