13 Habilidades não-técnicas importantes para Profissionais de Tecnologia

Competências e Habilidades não-técnicas importantes para Profissionais de Tecnologia

Além das habilidades técnicas, como saber codificar e conhecer protocolos de rede, por exemplo, é essencial para os profissionais de tecnologia possuírem diversas competências e habilidades não-técnicas – chamadas de Soft Skills – que são muito importantes para o sucesso em suas carreiras. Muitas vezes, inclusive, são fundamentais para que seja possível sequer iniciar uma carreira em TI.

Neste artigo vou comentar a respeito de algumas dessas habilidades, com alguns insights que, creio, poderão ser úteis tanto para estudantes que ainda irão entrar no mercado de trabalho, quanto para profissionais que desejam crescer dentro de sua área de atuação, ou mesmo expandi-la.

Comunicação Verbal e Escrita

Habilidades de comunicação, tanto verbais quanto escritas, são simplesmente fundamentais para quem trabalha com TI. Seja no trato com clientes, fornecedores, líderes de times ou com os colegas da equipe, comunicar-se de forma eficiente é imprescindível para o trabalho nos dias de hoje. Desenvolvimento de software, por exemplo, é uma atividade que requer constante troca de ideias e informações, e saber fazer isso de forma eficiente e precisa é de extrema valia.

Amor ao Aprendizado

A área de tecnologia está sempre em constante mudança, e a atualização dos conhecimentos (técnicos e não-técnicos) é algo quase que diário. Por isso, gostar de estudar e aprender é uma habilidade de crucial importância – um skill chave, na verdade. Quem não tem paixão pelo aprendizado provavelmente terá uma carreira curta na área tecnológica – se é que terá uma.

Saber quando pedir Ajuda

Muito comumente, você irá se deparar com problemas que, espera-se, seja capaz de resolver por si mesmo. Porém, algumas vezes seu conhecimento não será suficiente, e você não terá tempo hábil para aprender por si próprio e tentar desvendar a questão – nessas horas, não hesite em pedir ajuda a seus colegas. Saber quando pedir ajuda irá acelerar a resolução de problemas e a realização de suas tarefas, substancialmente.

Organização e Gerenciamento de Tempo

Ser organizado torna o profissional mais eficiente e consequentemente, mais produtivo em seu trabalho. Sabemos que as carreiras em TI são muito dinâmicas, e que o aprendizado se dá quase que continuamente, de modo que a organização permitirá acompanhar o ritmo pesado de mudanças e atualizações que acontecem com frequência. Saber gerenciar o tempo é um aspecto da organização muito importante, pois é essencial saber como organizar sua agenda e atividades diárias, de modo a entregar o trabalho dentro do prazo, como por exemplo entregas periódicas de um software ou a manutenção recorrente de um sistema.

Habilidades Analíticas

Habilidades analíticas e raciocínio lógico são fundamentais para quem trabalha na área tecnológica, afinal de contas espera-se que o profissional seja capaz de diagnosticar falhas e encontrar soluções para problemas de forma organizada e metódica. Ou ainda, prever que determinados problemas poderão ocorrer se uma abordagem X for empregada no processo de trabalho atual, permitindo assim alterar processos para evitar problemas futuros.

Criatividade

Ser criativo é um talento que tem valor em qualquer aspecto da vida, e não poderia ser diferente nas carreiras de tecnologia. Com criatividade é possível criar produtos inovadores, encontrar soluções para problemas nunca antes pensadas, e até mesmo revolucionar sua área de atuação.

Existem muitos exemplos de pessoas altamente criativas na área tecnológica – basta citar, por exemplo, personalidades como Steve Jobs (Co-fundador da Apple), Eben Upton (Raspberry Pi Foundation) e Alex Kipman (chefe de desenvolvimento do Kinect).

Facilidade de Adaptação (Flexibilidade)

Como citado anteriormente, na área de tecnologia os cenários mudam frequentemente, com novas tecnologias surgindo ou evoluindo a todo momento. Adaptar-se a novas tecnologias e formas de trabalho é um skill essencial, pois nas carreiras tecnológicas é comum que o profissional mude de empresa diversas vezes, sempre encontrando ambientes diferentes, com suas idiossincrasias e particularidades, e adaptar-se rapidamente permitirá uma integração suavizada e relativamente tranquila.

Gerenciamento de Projetos

Esta é uma habilidade de alto nível, que tem o potencial de abrir portas e alavancar sua carreira. Afinal de contas, grande parte do trabalho em tecnologia está diretamente relacionado a projetos, e saber como realizar o correto gerenciamento, usando ferramentas e metodologias adequadas (como as metodologias ágeis) são um grande diferencial para o profissional, mesmo que ele não gerencie diretamente um projeto de software ou hardware, trabalhando como membro de uma equipe. 

Perseverança

Essa chega a ser óbvia. Como tudo na vida, para atuar com tecnologia é necessário ser perseverante, que significa não desistir quando problemas aparecerem – e se mostrarem muito difíceis de resolver. Desafio existem aos montes, e para suplantá-los o profissional precisa ter grande força de vontade e motivação, que se traduzem na perseverança necessária para continuar tentando, mesmo que isso signifique mudar totalmente sua abordagem na resolução de problemas e obstáculos.

Resolução de Problemas

Resolver problemas é uma das principais tarefas do profissional de tecnologia, provavelmente a mais importante. Seja criando soluções para problemas de seus clientes, ou eliminando defeitos em sistemas já existentes, boa parte do tempo é empregada na identificação e solução de problemas dos mais variados tipos. Por conta disso, saber como resolver um problema é uma competência de alto valor, a qual inclui habilidades analíticas, pensamento “fora da caixa”, organização e trabalho em equipe, além da emprego de técnicas e ferramentas apropriadas a cada caso

Curiosidade

Toda pessoa que gosta de aprender é naturalmente curiosa e no geral, possui a mente aberta. A curiosidade é um driver importante para o aprendizado, pois leva o profissional a procurar sempre absorver novos conhecimentos e a trabalhar, na medida do possível, com novas tecnologias, tornando seu trabalho mais dinâmico e eficiente. E, quanto mais você aprende, mais você cresce.

Desenvoltura

Desenvoltura significa desembaraço ou agilidade em realizar troca de informações ou comunicar uma ideia de forma clara e objetiva. Trata-se de uma habilidade muito apreciada no meio profissional, pois a comunicação precisa é de extrema importância para quem precisa lidar com usuários, clientes e outros profissionais da área – lembre-se de que estamos falando de “tecnologia da informação”, ou seja, de uma área tecnológica que trata justamente do armazenamento, processamento e troca de dados e conhecimento.

Saber como comunicar ideias técnicas de forma simplificada, mas precisa, é muito importante quando temos de nos comunicar com pessoas que não são profissionais da área, como a maioria absoluta de nossos clientes e usuários. Desenvoltura para falar com eles, usando por exemplos apresentações, analogias e termos do cotidiano é crucial para que um projeto possa ter sucesso, pois leva ao perfeito entendimento das necessidades reais de todos os envolvidos.

Vontade de ajudar os outros

Lembra-se da habilidade “Saber quando pedir ajuda”? Pois bem, para que essa habilidade possa ser útil é necessário que alguém esteja disposto a ajudar, e a vontade de ajudar aos outros é um skill (habilidade) fundamental, senão mais importante ainda.

Na verdade, grande parte do trabalho em TI se resume a ajudar pessoas, não apenas seus colegas de profissão, mas os próprios usuários que irão se beneficiar dos produtos desenvolvidos, sejam eles hardware ou software. Ajudar às pessoas também facilita em muito o trabalho em equipe que, no fundo, nada mais é do que a troca de informações e ajuda mútua entre colegas.

Essa é uma habilidade crítica, e muitos a consideram como uma das competências não-técnicas mais importantes que um profissional precisa ter. Empatia também é uma palavra que encaixa muito bem aqui.

Conclusão

Enfim, não apenas de conhecimentos técnicos um profissional de tecnologia vive; é necessário, e eu diria absolutamente indispensável nos dias de hoje, que tal profissional seja capaz de lidar com o lado humano das pessoas, levando em consideração as necessidades, a cultura e especificidades de cada pessoa com a qual trabalhamos, direta ou indiretamente. Cultivar essas habilidades não-técnicas é uma das melhores formas de progredir em sua carreira, seja ela qual for – e também em sua vida pessoal.

 

Sobre Fábio dos Reis (1343 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

3 Comentários em 13 Habilidades não-técnicas importantes para Profissionais de Tecnologia

  1. Cleiton Rodrigues // 20/08/2020 em 13:10 // Responder

    Muito boa a leitura Fábio! Estava precisando ler algo assim para continuar motivado no meus estudos de php.

  2. Vou imprimir seus vilosos artigos, Talkey?

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*