MySQL – Bancos de Dados, SGBDR e Grupos de Comandos – 04

MySQL – Bancos de Dados, SGBDR e Grupos de Comandos

SGBDR

  • Sistema Gerenciador de Banco de Dados Relacional
  • Trata-se de um sistema de gerenciamento de bancos de dados baseado no modelo relacional introduzido por E. F. Codd.

Composição de um Banco de Dados

  • Tabelas
  • Campos (Colunas)
  • Registros (Linhas)

Tabelas

  • Objetos onde são armazenados os dados em um banco de dados relacional.
  • Uma tabela é uma coleção de entradas de dados relacionados e consiste em linhas e colunas.

Campos

  • São entidades que representam os atributos dos dados, como Nome, Data de Nascimento, Salário, Preço, etc.
  • Um campo é uma coluna em uma tabela que mantém informações específicas sobre cada registro.

Registros

  • Linha, ou Tupla
  • Cada entrada individual em uma tabela. Trata-se de um conjunto de campos relacionados que caracterizam os dados de uma entidade única.

Tabela

Campos e registros no MySQL

Campos e registros em um tabela de banco de dados

Structured Query Language – SQL

  • Linguagem de Consulta Estruturada padrão para acesso a Bancos de Dados
  • Usada em inúmeros sistemas, como MySQL, SQL Server, Oracle, Sybase, Access, DB2, PostgreSQL, etc.
  • Cada sistema pode usar um “dialeto” do SQL, como T-SQL (SQL Server), PL/SQL (Oracle), JET SQL (Access), etc.

Funções do SQL

  • Permite o acesso a dados em SGBDR
  • Permite definir os dados no banco de dados e manipulá-los.
  • Pode ser embutido em outras linguagens usando módulos SQL, bibliotecas, etc.
  • Permite criar e excluir bancos de dados e tabelas.
  • Permite a criação de Visões (Exibições), Stored Procedures, Triggers e Funções em um Banco de Dados.
  • Permite configurar permissões de acesso em tabelas, procedimentos e visões.

Grupos de Comandos SQL

Os comandos SQL podem ser divididos em cinco grupos principais:

  • DDL
  • DML
  • DCL
  • DQL
  • DTL

DDL – Data Definition Language

Comandos que possuem a função de definir a estrutura do banco de dados (esquema). Permitem efetuar a criação, alteração e exclusão de objetos, como tabelas, views, triggers, procedimentos armazenados e outros.

Comando Descrição
CREATE Cria um novo banco de dados, tabela, visão ou outro objeto no BD.
ALTER Modifica um objeto existente no BD, como uma tabela.
DROP Exclui uma tabela inteira, uma exibição de uma tabela ou outro objeto, incluindo o próprio banco de dados.

DML – Data Manipulation Language

Comandos utilizados para gerenciar os dados armazenados no banco, permitindo inserir novos dados, alterar dados existentes ou excluir dados armazenados.

Comando Descrição
INSERT Cria um novo registro (linha)
UPDATE Modifica registros existentes
DELETE Exclui um ou mais registros

DCL – Data Control Language

Comandos utilizados para controlar o acesso aos dados armazenados no banco, por meio de permissões de acesso.

Comando Descrição
GRANT Fornece privilégios de acesso a um usuário
REVOKE Retira os privilégios fornecidos a um usuário

DQL – Data Query Language

Comandos utilizados para realizar consultas em um banco, por exemplo para obter dados armazenados.

Comando Descrição
SELECT Obtém registros especificados de uma ou mais tabelas, ou seja, efetuar consultas em tabelas.

Alguns autores consideram o comando SELECT como pertencente ao grupo de comandos DML.

DTL – Data Transaction Language

Comandos empregados para gerenciar transações no banco de dados. São usados para gerenciar as alterações realizadas por comandos DML executados.

Comando Descrição
COMMIT Salvar transações de forma permanente no banco de dados
ROLLBACK Restaurar o banco ao último estado após um commit que teve êxito
SAVEPOINT Salvar temporariamente uma transação para que seja possível efetuar rollback àquele ponto se necessário.

Assista à vídeo-aula sobre o assunto abordado:

Anterior: Instalação do MySQL no Mac OS X

Página inicial do curso

Próximo: Criando um Banco de Dados

Sobre Fábio dos Reis (1298 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

9 Comentários em MySQL – Bancos de Dados, SGBDR e Grupos de Comandos – 04

  1. Gostaria de agradecer profundamente pela iniciativa do canal em propagar o conhecimento. Parabéns aos colaboradores pela excelente e notória didática do conteúdo. Um forte abraço voces estao fazendo a diferença

  2. tiago marcos // 24/08/2015 em 10:26 // Responder

    cara suas aulas são ótima, me ajudou muito.

  3. Hugo Luiz // 27/12/2015 em 10:51 // Responder

    conheci boson no canal do youtube. Não sabia que havia site. Estava no google buscando algo pra estudar mysql deparei no site. Fico impressionado com a vasto conhecimento que tem. Além disso você domina bem cada matéria.

    Sou grato por está compartilhando seus conhecimentos. Pessoas assim tenho maior respeito!

    Grato,

  4. Marcos Tavares // 07/04/2016 em 9:19 // Responder

    Olá, estou realizando uma pesquisa sobre banco de dados em nuvem e gostaria de contar com sua colaboração como respondente ou divulgador. Os dados aqui coletados serão utilizados somente no meio acadêmico.
    Público alvo:
    – Empresas (pública e privada)
    – Meio acadêmico
    – Profissionais liberais
    Link da pesquisa:
    https://lnkd.in/ez6x2aH

    Ajudem ai.

  5. Rudimar Noronha // 03/07/2017 em 19:52 // Responder

    Excelentes aulas, fico muito agradecido por esta iniciativa notária de divulgar seu conhecimento de forma didática e maravilhosa, me ajudou muito!!!

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*