Fibras Ópticas Monomodo e Multimodo – II

Fibras Ópticas Monomodo e Multimodo

Por Renan Drech Catelan

Nesta segunda parte da série de artigos sobre fibras ópticas vamos apresentar sucintamente as tecnologias de fibras monomodo e multimodo e suas características de operação.

Tipos de Fibras Ópticas

Basicamente existem dois tipos de fibra: Multimodo (MM, multimode) e Monomodo (SM, de single mode, em inglês). As fibras multimodo e seus adaptadores são mais baratos de se fabricar por conta do tamanho do seu núcleo, possibilitando que materiais com uma menor precisão sejam utilizados. Por exemplo, é comum que em um adaptador multimodo seja utilizado um LED em lugar de um emissor laser.

Numa fibra multimodo a luz atravessa a fibra “batendo” nos cantos do núcleo (reflexões), enquanto que numa fibra monomodo a luz é emitida pelo laser e segue em linha reta, apenas realizando as mesmas “curvas” que a fibra tiver fisicamente.

Fibras ópticas monomodo e multimodo

Figura 1: Ao topo, fibra multimodo com atenuação causada por emissor descalibrado; Ao meio, transmissão de dados através de fibra óptica multimodo; Por ultimo a transmissão de dados através de laser numa fibra monomodo.

As Fibras ópticas multimodo são usadas geralmente em edifícios e para comunicação em pequenas distâncias, quando comparadas com fibras monomodo. Seguindo o padrão atual OM4 com adaptadores à laser, para transferências até 10Gbps, alcançamos uma distância de 400 metros.

Já as Fibras monomodo possuem um núcleo menor, seus adaptadores são a laser e a precisão dos materiais é maior, o que faz com que o custo de implantação também seja substancialmente maior.
Enquanto sua taxa de transmissão é de 10Gbps, sua distância de transmissão pode se estender a até 40 Km se forem utilizados adaptadores de 1510nm.

Comprimento de onda

Para a transferência de dados, é necessário que os equipamentos trabalhem num determinado comprimento de onda do espectro eletromagnético. Os mais utilizados estão na tabela abaixo:

Tipo de fibra Comprimento de onda Distância
Multimodo 650 nm 400 m
Multimodo 850 nm 400 m
Monomodo 1310 nm 10 Km
Monomodo 1510 nm 40 Km

*Fibras multimodo de 650nm são feitas de polímero de plástico e, com o custo cada vez menor das fibras de 850nm, dificilmente são empregadas em novos projetos.

Esses comprimentos de onda são chamados de janelas de transmissão, por que são os comprimentos de onda que melhor atravessam o meio (fibra) sem ocasionar perda (atenuação).

Anterior: Breve Histórico das Fibras Ópticas

Próximo: Tipos de Conectores


Sobre Renan Drech Catelan 

O ano de 2018 marca dez anos que foi aluno de Fábio dos Reis. 

Talvez a lição mais importante foi ter aprendido a aprender. Odeia ambiente corporativo e descobriu que seu lugar é se escondendo em datacenters.

Quanto mais velho o computador, mais vai gostar, independentemente do sistema e mesmo nas horas de folga fica trabalhando por que não para de quebrar e consertar algo.

Renan Drech Catelan é Técnico de Computadores formado pelo Senac São paulo e é graduado em Redes de Computadores pela Faculdade Carlos Drummond de Andrade. Já trabalhou nos Correios de São Paulo, CYLK IT Solutions, entre outras. Está a quase cinco anos trabalhando em Datacenters pela Amazon AWS.

Sobre Fábio dos Reis (1278 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

1 Comentário em Fibras Ópticas Monomodo e Multimodo – II

  1. José Carlos Gomes // 23/08/2018 em 21:39 // Responder

    Adoro suas aulas muito obrigado Whatsapp 21974680241

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*