Curso de Eletrônica – O que é um LDR (Light Dependent Resistor)

LDR (Light Dependent Resistor)

Um LDR (Resistor Dependente da Luz) é um tipo especial de resistor que apresenta uma mudança em sua característica de resistência elétrica quando submetido à ação da luz.

Também chamados de fotorresistores, apresentam um valor de resistência elevada em um ambiente escuro, e quando expostos à luz, têm a condutividade aumentada. Ou seja, oferecem baixa resistência elétrica quando iluminados.

Abaixo vemos os símbolos mais usuais para um LDR (o da esquerda é mais usual):

LDR - Light Dependent Resistor

E a foto abaixo mostra um LDR típico:

LDR - Light Dependent Resistor típico

Funcionamento de um LDR

Os LDRs são fabricados com materiais de alta resistência, como por exemplo o Sulfeto de Cádmio (CdS) ou o Sulfeto de Chumbo (PbS). Esses materiais possuem poucos elétrons livres quando colocados em ambiente escuro, e liberam elétrons quando há incidência de luz sobre eles, aumentando sua condutividade. Chamamos a esse efeito de Fotocondutividade.

Quando cessa a incidência de luz sobre o componente, os elétrons retornam à camada de valência e a resistência do material volta a aumentar.

No geral, os LDRs possuem resistências entre 1 MΩ e 10 MΩ no quando em ambiente escuro, e resistências que podem chegar a menos de 100 Ω quando iluminados.

Alguns LDRs são projetados para responder em luz infravermelha (como os de Sulfto de Chumbo – PbS) ou ainda em luz ultravioleta.

Tipos de fotocondutores

Há dois tipos de fotocondutores:

  • Intrínseco: utiliza um material fotocondutivo que envolve a excitação de portadores de carga da banda de valência para a banda de condução;
  • Extrínseco: utiliza um material que envolve a excitação de portadores de carga entre uma impureza e a banda de valência e de condução. São mais empregados para operação no espectro do infravermelho.

 

Curva característica de resistência de um LDR

O gráfico a seguir mostra a curva característica de resistência de um LDR em relação à quantidade de luz incidente sobre ele, medida em Lux:

Gráfico de iluminância versus resistência em LDR

Note que a resistência decai conforme a quantidade de luz incidente sobre o LDR aumenta. A quantidade de luz é medida em Lux, que mede o fluxo luminoso por unidade de área (iluminância); equivale a um lúmen por metro quadrado. A tabela a seguir mostra alguns valores típicos de iluminância em Lux para diversas fontes luminosas comuns:

Fonte de Luz Iluminância em Lux
Lua cheia 0,27 a 1,0
Lâmpada incandescente de 60 W a 1 m 50
Lâmpada fluorescente 500
Luz do Sol direta 32000 – 100.000
Pôr-do-sol 400

Espectro de luz

O efeito de diminuição da resistência também depende do comprimento de onda da radiação que atinge o LDR. Na figura a seguir podemos ver um gráfico de resposta espectral de um LDR típico.

LDR - Resposta espectral de Luz

Você pode notar no gráfico que a resposta relativa do LDR considerado é muito maior entre cerca de 530 nm e 580 nm – ou seja, ele responde muito melhor à variação de luminosidade nessa faixa de comprimento de onda.

Tempo de Recuperação

A resistência do LDR não varia instantaneamente quando suas condições luminosas variam. Existe uma latência (tempo) que decorre até que a resistência atinja um valor estável.

Expressamos esse tempo de recuperação em KΩ/s, sendo um valor típico cerca de 200KΩ/s na passagem de um ambiente claro para um escuro, e muito mais rápido no sentido inverso – em torno de apenas 10 ms na transição do escuro para o iluminado. Esse é um fator importante que deve ser levado em consideração ao criar projetos que utilizem LDRs para, por exemplo, acionar dispositivos de acordo com o nível de iluminação ambiente.

Aplicações de LDRs

Falando em projetos que utilizam LDRs, listamos abaixo as principais aplicações desses componentes eletrônicos:

  • Acionamento de relés
  • Sistemas de iluminação noturna
  • Controle remoto de dispositivos
  • Luz intermitente
  • Controle de flashes
  • Compressores de áudio

Exemplo de uso de LDR

O circuito abaixo é um exemplo clássico de aplicação de um LDR: um LED acionado pela ausência de luz:

LDR - Circuito acionador de LED

Ao bloquear a incidência de luz sobre o LDR1, o transístor Q1 é polarizado e permite a passagem de corrente entre coletor e emissor, ativando o LED1.

É isso aí! Nesta lição exploramos os LDRs, resistores especiais que tem sua resistência elétrica alterada de acordo com a luz incidente. Até mais!

Quer aprender tudo sobre Eletrônica? Minha dica é o livro Eletrônica – Para Autodidatas, Estudantes e Técnicos – 2ª Edição, de Gabriel Torres, que você pode adquirir em formato digital com preço promocional clicando na imagem a seguir:

Eletrônica - Para Autodidatas, Estudantes e Técnicos - Gabriel Torres

 

Sobre Fábio dos Reis (1328 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

6 Comentários em Curso de Eletrônica – O que é um LDR (Light Dependent Resistor)

  1. Leonardo Sousa Santos // 25/05/2016 em 17:54 // Responder

    Agradeço a generosidade em compartilhar seu conhecimento. Aprendi com a aula sobre LDR.

  2. vc é muito fera Fábio, sabe de tudo e mais um pouco eletricista guitarrista!

  3. Me ajuda algumas imagens não estão aparecendo

    • Olá Ana! O site sofreu um problema devido à atualização de plugins que deixou algumas imagens inacessíveis, mas já está sendo resolvido. As imagens deste post estão normalizadas agora. Abraço!

3 Trackbacks & Pingbacks

  1. Detectando Luz usando um LDR com Arduino - Bóson Treinamentos em Tecnologia
  2. Tocar sons no Arduino baseados em entrada de sensor de luz - Bóson Treinamentos em Tecnologia
  3. O que são Sensores - Bóson Treinamentos em Tecnologia

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*