Qual a diferença entre Esquema e Banco de Dados?

Esquema e Banco de Dados

Frequentemente nos deparamos com os termos “Esquema” (“Schema“) e “Banco de Dados” (“Database“) ao estudarmos teoria e modelagem de bancos de dados, e você provavelmente já se perguntou qual seria a diferença entre eles, pois parecem ser utilizados de forma intercambiável. Mas será que são a mesma coisa?

Basicamente, esquemas são grupos (coleções) de tabelas relacionadas e bancos de dados são coleções de esquemas. Os esquemas são estruturas lógicas usadas para armazenar os dados em um banco de dados.

Além disso, em muitos sistemas os termos usuário (USER) e esquema (SCHEMA) são sinônimos. Assim, ao criar um usuário estamos criando, na verdade, um novo esquema no banco de dados, e vice-versa.

Por exemplo, podemos criar um novo esquema em um banco de dados Oracle emitindo o comando a seguir:

CREATE USER usuário IDENTIFIED BY senha;

Isso criará o usuário denominado e um esquema de mesmo nome.

O esquema é um conjunto de metadados (dicionário de dados) e define os objetos e atributos do banco.
Diferença entre esquema e banco de dados

Na ilustração anterior, temos um banco de dados contendo dois esquemas, independentes entre si. Cada esquema terá suas tabelas, views, relacionamentos e outros objetos particulares, e para o usuário que os acessa serão, na prática, como bancos de dados separados.

É importante salientar que, ainda assim. alguns sistemas de bancos de dados não fazem distinção entre o esquema e o banco de dados em si.

 

Sobre Fábio dos Reis (1273 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*