Introdução aos consoles de gerenciamento MMC – Windows Server 2012

Introdução aos consoles de gerenciamento MMC

O Console de Gerenciamento Microsoft, ou MMC (Microsoft Mangement Console), juntamente com as ferramentas que o utilizam, nos auxiliam a gerenciar com mais facilidade computadores, usuários e muitos outros aspectos da rede local. Além disso, o MMC permite integrar ferramentas variadas no Windows de forma centralizada. O MMC é um framework para o gerenciamento de aplicações que que nos oferece uma interface unificada para a administração dos sistemas. O MMC não possui nenhuma função de gerenciamento inerente - ele utiliza componentes plugáveis, chamados de snap-ins, para fornecer a funcionalidade administrativa desejada.

Snap-ins

Para usarmos o MMC, adicionamos os snap-ins autônomos a um console MMC conforme nossa necessidade. Um console é um conteiner para snap-ins que utiliza o framework do MMC. Há literalmente dezenas de snap-ins pré-configurados que são disponibilizados pela Microsoft para uso em consoles personalizados. Geralmente, os consoles pré-configurados existentes no Windows Server 2012 possuem apenas um snap-in incorporado. Mas nós podemos criar nossos consoles contendo diversos snap-ins, como veremos logo adiante. Os snap-ins podem ter nós e componentes de extensão. Um nó define um nível dentro do console ou snap-in. Por exemplo, o console do meu servidor DHCP possui o nó raiz DHCP, e um nó de nível superior chamado srv100.boson.com, que define o servidor a ser gerenciado. Já elementos como Escopo e Filtros são componentes de extensão, que estendem a funcionalidade do snap-in. Cada entrada sob os nós de nível superior é uma  extensão, e mesmo as extensões podem ter suas próprias extensões. Algumas dessas extensões podem, inclusive, serem implementadas como snap-ins autônomos, e além disso, várias são opcionais e podem ser desabilitadas ou acrescentadas a um snap-in existente se desejado.

Modos do MMC

Um Console MMC possui dois modos de operação: modo de autor e modo de usuário. NO modo de autor podemos criar e alterar um console adicionando ou removendo snap-ins e também ajustando configurações do console. Já no modo de usuário o design do console é travado, e não é possível alterá-lo. Este é o modo padrão dos consoles pré-configurados do sistema, portanto podemos utilizá-los mas não alterá-los. Criamos nossos consoles personalizados no modo de autor, e ao finalizá-los devemos alterar para o modo de usuário, pois é neste modo que as ferramentas de console devem rodar, por questões de segurança. Há três níveis de modos de usuário:
  • Modo de usuário - acesso completo: Os usuários podem acessar todos os comandos de gerenciamento do MMC mas não podem adicionar nem tampouco remover snap-ins ou alterar propriedades do console;
  • Modo de usuário - acesso limitado, várias janelas: Os usuários podem acessar apenas as áreas da árvore do console que estavam visíveis quando o console foi salvo. Os usuários podem criar novas janelas mas não podem fechar janelas existentes;
  • Modo de usuário - acesso limitado, janela única: Os usuários podem acessar apenas as áreas da árvore do console que estavam visíveis quando o console foi salvo, e não podem abrir novas janelas.
Podemos abrir os consoles existentes por meio de seus nomes de arquivos, cuja extensão é .msc (microsoft console). Segue abaixo uma pequena lista de ferramentas disponíveis no servidor e seus respectivos comandos. Experimente abrir algumas delas digitando o comando correspondente na caixa executar e pressionando enter:
Ferramenta Comando
ADDS dsa.msc
Gerenciamento do Computador compmgmt.msc
DHCP dhcpmgmt.msc
Visualizador de Eventos eventvwr.msc
Gerenciamento de Política de Grupo gpmc.msc
Serviços services.msc
Windows Firewall wf.msc
Backup do Windows Server wbadmin.msc
Gerenciador do Hyper-V virtmgmt.msc
DNS dnsmgmt.msc
Para abrir um console existente no modo de autor clique com o botão direito do mouse sobre o ícone do console e escolha a opção Autor. Isso também é válido para os consoles pré-configurados do sistema. Podemos evitar que um usuário abra um console no modo de autor por meio de uma política de grupo localizada em Configuração do Usuário -> Políticas -> Modelos Administrativos -> Componentes do Windows -> Console de Gerenciamento Microsoft -> Impedir que o usuário entre no modo de autor. Neste mesmo local também é possivel configurar snap-ins permitidos ou restritos e restringir usuários a uma lista de snap-ins específicos.

Criando consoles MMC personalizados

Para criarmos consoles MMC personalizados, seguiremos os passos a seguir:
  1. Abrir e criar um novo console MMC
  2. Adicionar os snap-ins desejados
  3. Salvar o console no modo de usuário
Vamos criar um console personalizado de exemplo agora, contendo alguns snap-ins. Abra um novo console MMC. Para isso, abra a caixa Executar e digite o comando mmc, pressionando Enter logo após. Será aberto um console MMC vazio como o seguinte:
Console MMC Vazio no Windows Server

Console MMC Vazio no Windows Server

O console é dividido em três partes: o painel da esquerda é a árvore do console, que nos fornece uma lista hierárquica dos nós disponíveis no console, a partir do item Raiz do Console. O painel central é chamado de painel de detalhes, e seu conteúdo depende do item selecionado na árvore do console. E o painel do lado direito é o painel de ações, que contém atalhos para algumas das ações mais comuns no console, como chamar a ajuda e alterar o modo de exibição do painel. Vamos trabalhar com um console personalizado que nos permita gerenciar o Active Directory Domain Services, Gerenciamento de Diretivas de Grupo e Gerenciamento de Backup. Vamos começar renomeando a raiz do console para um nome mais significativo, como ADDS-GPO-Backup. Clique na Raiz do Console com o botão direito e escolha a opção Renomear. Digite o nome desejado e pressione Enter. Agora vamos adicionar os snap-ins desejados ao console. Clique no menu Arquivo -> Adicionar / remover snap-in. Será aberta a janela a seguir: Adicionar e remover snap-in no MMC do Windows Server 2012 Na lista Snap-ins disponíveis procure pelo snap-in Pasta. Selecione-o e clique no botão Adicionar na parte central da tela. Adicione três pastas destas e então clique em OK para fechar a janela. Veja o resultado a seguir: Console do ADDS com GPO e Backup Renomeie as pastas para Active Directory, Backup e GPO. Console Active Directory mais GPO e Backup no Server 2012 Vamos adicionar os snap-ins principais agora. Clique no menu Arquivo -> Adicionar / remover snap-in. Clique no botão Avançada, do lado direito da tela, e então marque a opção "Permitir alteração do snap-in pai" na caixa de diálogo a seguir, e clique em OK: Alterando snap-in pai no console MMC Aparecerá agora um combobox chamado Snap-in pai na janela principal do console. Selecione neste combobox a pasta "Active Directory"  e então procure na lista de snap-ins disponíveis o snap-in Usuários e Computadores do Active Directory. Selecione-o e clique em Adicionar. Repita o processo para as outras duas pastas, adicionando os snap-ins Backup do Windows Server (se perguntado, marque Computador Local) e Gerenciamento de Política de Grupo respectivamente. Veja o resultado abaixo: Snap-ins adicionados GPO Backup ADDS Após adicionar os snap-ins é possível adicionar ou retirar extensões, clicando sobre o nome do snap-in na lista da Snap-ins selecionados e então clicando no botão "Editar extensões..." do lado direito, se desejado. Clique em OK para finalizar a criação do console MMC personalizado. Veja o console criado a seguir (clique nas setas ao lado das pastas na árvore do console para expandi-las): Console MMC Windows Server 2012 Backup GPO O último passo necessário é salvar o console criado. Primeiramente, vamos ajustar o modo do console. Para isso, clique no menu Arquivo -> Opções, e na caixa de diálogo que será aberta, selecione o modo desejado. Vou utilizar o modo Modo de Usuário - acesso completo. Marque também a opção "Não salvar alterações nesse console" para impedir que o usuário salve alterações realizadas no console durante o uso. Você ainda pode alterar o ícone do console se quiser, clicando no botão "Alterar ícone" na parte superior da janela e selecionando um ícone do sistema ou carregando um ícone personalizado de outro local qualquer. Clique em Aplicar e em OK para finalizar essas configurações: Console MMC - Opções do Windows Server 2012 Para salvar, clique agora no Menu Arquivo -> Salvar, e forneça o nome desejado ao console. Eu salvei na área de trabalho do sistema, para facilitar na hora de procurar e abrir esse console. É isso aí! Console MMC personalizado criado com sucesso. Para usá-lo, basta abri-lo com um clique duplo simples, e se você quiser, pode criar atalhos para esse console em outras partes do sistema. Lembre-se de que ao abrir esse console, ele estará no modo de usuário, e não será possível alterar sua estrutura. Se precisar alterar algo, abra-o no modo de autor com o botão direito do mouse.  
Sobre Fábio dos Reis (1148 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Astronomia, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

2 Comentários em Introdução aos consoles de gerenciamento MMC – Windows Server 2012

  1. Muito bom

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*