Instalação do PostgreSQL e do phpPgAdmin no Linux

Como instalar o PostgreSQL e o phpPgAdmin no Linux

Neste artigo vamos mostrar a instalação do gerenciador de bancos de dados open source PostgreSQL e da ferramenta de gerenciamento Web phpPgAdmin.

Você pode ler a respeito da história do PostgreSQL clicando aqui

Instalando os pacotes necessários:

# apt-get install postgresql postgresql-contrib

Acessando o prompt de comandos do PostgreSQL

Os nomes do banco de dados padrão e do usuário padrão são o mesmo: “postgres”. Vamos nos logar com esse usuário para realizarmos tarefas relacionadas ao gerenciamento do postgresql. Digite o comando a seguir:

# sudo -u postgres psql postgres

Instalar postgresql no linux

Para sair do prompt do posgresql, digite o comando \q para retornar ao terminal do Linux:

postgres=# \q

Configurando a senha do usuário padrão postgres

Para configurarmos a senha do usuário postgres use o comando \password:

postgres=# \password postgres

PostgreSQL no Linux

Vamos agora instalar o pacote Adminpack. Para isso, digite o comando a seguir no prompt do postgresql:

postgres=# CREATE EXTENSION adminpack;

usuário no postgresql

Volte para o terminal do linux agora com o comando \q.

Como criar um novo banco de dados e um novo usuário para o sistema

Vamos criar um novo usuário de nome "fabio"com a senha "123",e um banco de dados de nome "dbTeste".

# sudo -u postgres createuser -D -A -P fabio
# sudo -u postgres createdb -O fabio dbTeste

criar usuário no postgresql

Excluir Usuários e Bancos de Dados

Caso precise excluir um banco de dados, entre como usuário postgres:

# sudo -u postgres psql postgres

E então digite o comando a seguir:

postgres=# drop database <nome_banco_de_dados>

Caso queira excluir um usuário, execute o seguinte comando:

postgres=# drop user <nome_do_usuário>

Configurar o protocolo TCP/IP no PostgreSQL

Por padrão, conexões TCP/IP são desabilitadas no PostgreSQL, de modo que usuários que tentem o acesso a partir de outros computadores na rede não o conseguirão. Para permitir que usuários remotos possam se conectar, edite o arquivo /etc/postgresql/9.1/main/postgresql.conf como segue:

vi /etc/postgresql/9.1/main/postgresql.conf

Encontre as linhas a seguir:

[...]
#listen_addresses = 'localhost'
[...]
#port = 5432
[...]

Descomente-as,e configure o endereço IP de seu servidor ou simplesmente digite ‘*’ para que ele possa ser acessado a partir de todos os seus clientes de rede:

listen_addresses = '*'
port = 5432

Salve e feche o arquivo após a edição, e então reinicie o serviço do postgresql para aplicar as alterações:

# service postgresql restart

reiniciando o banco de dados postgresql

Gerenciando o PostgreSQL com o pacote phpPgAdmin

O phpPgAdmin é um utilitário de administração via web escrito em PHP para gerenciar o PostgreSQL.

Ele está disponível nos repositórios padrão. Então, para instalá-lo basta executar o bom e velho apt-get:

# apt-get install phppgadmin

Por padrão, podemos acessar o phppgadmin a partir da máquina local usando o endereço http://localhost/phppgadmin. Teste o acesso abrindo o navegador Iceweasel (ou outro qualquer) e acessando o endereço citado:

Instalar phpPgAdmin no Linux

Para acessar o phpPgAdmin a partir de um sistema remoto, faça o seguinte:

Edite o arquivo /etc/apache2/conf.d/phppgadmin:

# vi /etc/apache2/conf.d/phppgadmin

Comente a linha a seguir no arquivo:

#allow from 127.0.0.0/255.0.0.0 ::1/128

E descomente a linha a seguir:

allow from all

Edite também o arquivo /etc/apache2/apache2.conf:

# vi /etc/apache2/apache2.conf

E adicione a linha a seguir:

Include /etc/apache2/conf.d/phppgadmin

Após editar os arquivos, reinicie o serviço do apache:.

# service apache2 restart

Tente acessar o phppgadmin agora a partir de outra máquina (usarei um computador cliente com Windows 8.1; o IP de meu servidor Linux é 10.24.83.20) digitando o endereço a seguir no navegador (altere conforme sua configuração de rede):

http://10.24.83.20/phppgadmin/

E veja o resultado na figura a seguir:

Executando o phpPgAdmin no Linux

Clique no link PostgreSQL no painel esquerdo da tela, e então efetue login no sistema com o usuário criado anteriormente (fabio no meu caso). Clique no botão Identificação para efetuar o login.

login no phpPgAdmin

Veja a tela inicial do PostgreSQL, e note o banco de dados criado anteriormente (dbTeste):

Tela inicial do phpPgAdmin no Linux

Clique no banco de dados criado para acessá-lo, e expanda-o no painel esquerdo:

Banco de dados postgresql criado no phpPgAdmin

Vamos criar uma tabela agora como exemplo. Clique em Tabelas do lado esquerdo, e então em Criar Tabela no painel central. Digite o nome tbl_clientes para a tabela, configure-a para ter 2 colunas, e então clique em Próximo >:

criar tabelas no phppgAdmin

Crie as colunas Id_cliente (chave primária) e Nome_cliente (character varying, não nulo). Clique então no botão Criar:

criar colunas em tabela no phpPgAdmin

Tabela criada com sucesso!!!:

Tabela criada no pgpPgAdmin

É isso aí! Agora é só usar o PostgreSQL e o phpPgAdmin para criar e gerenciar e consultar bancos de dados no Linux.

Até a próxima!

 

Sobre Fábio dos Reis (1262 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*