Rússia planeja abandonar o uso de iOS da Apple e Android ao criar seu próprio software para smartphones

A Rússia quer criar seu próprio sistema operacional para smartphones em um esforço para reduzir a sua dependência da tecnologia ocidental.

O Ministro russo das comunicações Nikolai Nikiforo anunciou planos para substituir o iOS da Apple e plataformas Android do Google por um novo software baseado em Sailfish, um sistema operacional móvel de código aberto, desenvolvido pela fabricante de telefones da Finlândia Jolla.

A equipe da Jolla se reuniu com membros da comunidade de tecnologia russa no início deste mês para abrir caminho no desenvolvimento do novo software.

Sailfish OS - Jolla

Nikiforo disse que quer que o país a reduza sua dependência de tecnologia estrangeira ao longo dos próximos dez anos a 50 por cento do Market Share atual do país, que hoje é de 95 por cento.

Isso vem em um momento em que a Rússia está procurando se tornar independente da indústria de tecnologia ocidental, em parte porque está enfrentando sanções crescentes por conta de sua anexação da Criméia em 2014.

Além disso, a Rússia quer software para smartphones no qual ela saiba que pode confiar – ao desenvolvê-lo internamente – que não possa ser corrompido por operações clandestinas da Agência de Segurança Nacional dos EUA – NSA (ao menos em tese).

Há um ano, a Apple e a fabricante de software alemã SAP se recusaram a revelar o seu código-fonte para o governo russo quando solicitado por Nikiforo. (Eles queriam determinar se o governo dos EUA havia incluído quaisquer backdoors ou falhas de segurança, que documentos vazados por Edward Snowden supostamente mostravam.)

Então, com poucas opções restando, a Rússia decidiu construir seu próprio sistema de smartphone para competir no cenário mundial.

O Sailfish possui atualmente 0,5% da fatia de mercado da Rússia, de acordo com dados mais recentes – abaixo até mesmo dos sistemas operacionais móveis da Microsoft e da BlackBerry. Mas o software demonstra ser uma grande promessa no país, como sendo o único software móvel no mercado totalmente open-source.

Nikiforov disse que o sucesso do software irá depender do quão bem ele será recebido pelos usuários finais e fabricantes de aparelhos no país. A Rússia já começou a pagar desenvolvedores locais para migrar seus aplicativos mais populares para o Sailfish.

Sobre Fábio dos Reis (1312 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

2 Comentários em Rússia planeja abandonar o uso de iOS da Apple e Android ao criar seu próprio software para smartphones

  1. Tiago Gabriel // 19/05/2015 em 20:28 // Responder

    Interessante perceber nessa geopolítica da tecnologia o quanto o software livre contribui para a independência tecnológica de um país.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*