Mais de 2500 contas do Twitter foram hackeadas para enviar tweets de sexo

Mais de 2500 contas do Twitter hackeadas para enviar tweets de sexo

Mais de 2500 contas do Twitter foram comprometidas para twittar automaticamente links para sites adultos especializados em namoro e encontros sexuais, de acordo com um post no blog oficial da Symantec.

Alega-se que os atacantes também alteraram as imagens de perfil dos usuários (muitas vezes para uma foto provocante de uma mulher), a biografia e o nome completo para promover ainda mais os sites, com tweets recentes contendo outras imagens e linguagem sugestivas e também discutindo sessões de webcam para adultos e encontros sexuais. Acredita-se que os hackers ganharam dinheiro – US$ 4,00 para cada pessoa que se inscreveu – ao redirecionar as vítimas através de programas afiliados, diz a Symantec.

Contas hackeadas no Twitter para Sexo

Curiosamente, a investigação da Symantec revelou que quase três quartos (73%) das contas comprometidas foram criados, pelo menos, há quatro anos atrás (as datas mais antigas remetem a 2007) e algumas contas não tem estado ativas ou enviado tweets há anos. A empresa diz que era provável que muitas das contas atingidas estivessem usando senhas fracas ou até mesmo reutilizadas, algo que muitas vezes deixa a porta aberta para hackers tirarem proveito.

Chris Boyd, analista de inteligência de malware em Malwarebytes, recomenda que os usuários de mídia social desativem conexões para serviços que não são mais usados, e que tentem garantir que a segurança seja de nível mais alto possível em todos os serviços relacionados e utilizados.

“Eles também devem realizar uma limpeza em suas redes sociais para garantir que não haja aplicativos antigos ou desconhecidos que tenham acesso a suas contas de Twitter ou Facebook”, acrescentou.

 

Fonte: Revista InfoSecurity Magazine

Sobre Fábio dos Reis (1317 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*