Como testar uma fonte ATX com multímetro

Como testar uma fonte ATX com multímetro

É possível testar uma fonte de alimentação ATX para computadores usando um multímetro comum. Trata-se de um teste simples, que permite determinar se uma fonte está defeituosa e deve ser substituída, ou se está operando como esperado.

Neste artigo mostrarei como realizar o teste de uma fonte ATX comum usando um multímetro de baixo custo, de um modelo bem simples que permite realizar testes de tensão elétrica, corrente e resistência.

Fonte de alimentação ATX - como testar

Fonte de alimentação ATX

Para realizar esse teste vamos seguir os passos listados na sequência:

1. Primeiramente, a segurança deve ser sua maior preocupação. Apesar da fonte ATX fornecer apenas valores baixos de tensão, até cerca de 12 volts, essa fonte é alimentada pela rede elétrica, de 110 ou 220 V, e sempre há um risco associado de choque elétrico se você tocar em alguma parte energizada, principalmente no conector traseiro do cabo de força.

Tome cuidado ao manusear a fonte ligada, e procure NÃO usar uma pulseira antiestática para realizar esse tipo de medição – ela é totalmente desnecessária nesse caso, e inclusive pode potencializar um eventual choque elétrico.

2. Abra o computador – ou seja tire a tampa do gabinete. É possível testar a fonte dentro do gabinete do computador ou fora; fica a seu critério como será feito o teste. Se o cabo de alimentação principal estiver em local de difícil acesso dentro do gabinete, recomenda-se retirar a fonte para facilitar a medição de suas tensões.

3. Desconecte todos os conectores da fonte que estejam conectados nos diversos componentes dentro da máquina – principalmente o conector principal, de 20 ou 24 pinos. Não desconecte outros cabos que não tenham nada a ver com a fonte em si.

Como ligar a fonte ATX com um clips

4. Ligue a fonte. Como? Efetuando um curto entre os pinos 15 (fio verde) e 16 (ou qualquer outro pino com fio preto conectado). Na dúvida, consulte a tabela de pinagem da fonte ATX para localizar esses pinos.

Como ligar uma fonte ATX usando um clips

Como ligar uma fonte ATX usando um clips

5. Plugue o cabo de força na fonte e em uma tomada energizada. Se houver um botão liga/desliga na traseira da fonte, não esqueça de ligá-lo!
A fonte deve ligar nesse momento (a ventoinha deve começar a girar). Se não ligar, verifique se há energia na tomada onde foi conectada. Se houver energia e a fonte não ligar mesmo assim, provavelmente está com defeito.

6. Se a fonte ligou, vamos proceder ao teste com multímetro. Coloque o multímetro na posição para medição de volts em tensão contínua (VDC, VCC ou outra marcação), na escala até 20 volts. Veja a imagem a seguir:

Posição no multímetro para teste de tensão elétrica em fonte ATX

Posição no multímetro para teste de tensão elétrica em fonte ATX

7. Teste os pinos do conector de 24 pinos (ou 20 pinos), conectando a ponteira preta do multímetro em qualquer um dos fios pretos do conector, preferencialmente pelo lado onde os fios entram no conector (é mais fácil), e a ponteira vermelha deve ser inserida, sucessivamente, nos fios de outras cores, verificando as tensões medidas de acordo com os valores apresentados na ilustração de pinagem a seguir:

Pinagem do conector ATX de 24 pinos 12V

Pinagem do conector ATX de 24 pinos 12V

8. Anote os valores obtidos em cada medição. TODOS os fios devem ser medidos, mesmo que haja vários fios de mesma cor, pois algum deles pode estar rompido e não ser capaz de fornecer tensão quando conectado ao computador.

Após realizar as medições, compare os valores obtidos com a tabela de tolerâncias a seguir; se algum dos valores estiver fora da faixa apresentada, que é a aceitável, a fonte muito provavelmente está com defeito. Substitua-a.

Tensão Tolerância
+5V ± 5%
-5V ± 10%
+12V ± 5%
-12V ± 10%
+3,3V ± 5%
+5VSB ± 5%

De acordo com esta tabela, por exemplo, a linha de tensão de 5V deve operar entre os extremos de 4,75V (-5%, mínimo) e 5,25V (+5%, máximo).

9. Se todos os valores de tensão foram medidos corretamente e estão dentro da faixa esperada, desligue a fonte da tomada, retire o clips do plugue principal e reconecte todos os cabos internos da fonte ao PC. Os testes ainda não acabaram!

10. É importante agora testar a fonte sob carga – ou seja, em operação com o computador consumindo corrente do equipamento. Após reconectar todos os cabos da fonte ao computador, plugue o cabo de força novamente na tomada e ligue o PC.

11. Repita os passos 7 e 8 para realizar o teste da fonte. Se, devido à posição do conector dentro do gabinete não for possível realizar o teste, simplesmente feche a máquina, pois não será possível realizar esse segundo teste. Se não for possível, não há problema, pois o primeiro teste deve ser suficiente para averiguar o funcionamento primário da fonte.

Tome cuidado para não causar nenhum curto-circuito, pois isso pode acarretar a perda da placa-mãe ou outros componentes internos!

12. Após realizar todos os testes, desligue o computador, desplugue-o da tomada, e feche o gabinete. Testes encerrados!

Se após testar a fonte e verificar que ela está operacional e fornecendo tensões de acordo com o esperado, e o computador ainda assim não ligar, o problema deve estar em outro componente, como a placa-mãe ou processador, que devem então ser testados de acordo.

 

Sobre Fábio dos Reis (1366 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*