O que é um UAV – Unmanned Aerial Vehicle

O que é um UAV

UAV” é uma sigla que significa “Unmanned Aerial Vehicle“, ou, em português, Veículo Aéreo Não-Tripulado (VANT). Trata-se de um tipo de aeronave que não possui um piloto a bordo para guiá-la. Esse tipo de equipamento é controlado remotamente – ou seja, pilotado a partir de uma estação terrestre. Em alguns casos, seu voo é totalmente autônomo, por meio do emprego de planos de voo pré-programados ou ainda sistemas de controle mais complexos.

De forma bem técnica, todo UAV é um drone, mas nem todo drone é um UAV. Atualmente, podemos usar ambos os termos de forma intercambiável, sendo que o termo “drone” é muito mais popular devido ao seu emprego na mídia, em filmes, na TV, etc.; já o termo UAV é mais empregado pelas Forças Armadas.

UAV SkyGuardian

UAV SkyGuardian

Porém, especialistas na indústria postulam que os UAVs precisam especificamente possuir capacidade de voo autônomo, mas os drones não.

Um outro termo muito comum associado a estas tecnologias é o acrônimo UAS – Unmanned Aircraft Systems (Sistemas de Aeronave Não-Tripuladas), que se refere ao conjunto formado pelo UAV ou drone mais a pessoa que controla o voo e o sistema que conecta ambos. Assim, temos que o UAV é uma parte de um UAS.

Drone comum

Drone comum

Os UAVs foram desenvolvidos a princípio para aplicações militares e atualmente são amplamente empregados em tarefas de reconhecimento, vigilância ou ataque. Já os drones encontram múltiplas aplicações no mundo civil, como fotografia aérea, entrega de mercadorias, vigilância, entretenimento, e muitas outras.

Pequeno histórico dos UAVs

1792 – A forma mais antiga de UAVs existiu na forma de balões. Os irmãos Montgolfier, na França, foram os primeiros a realizarem experimentos com balões e a enviar aerostatos não tripulados em preparação para voos tripulados. Durante a Guerra Civil Americana (1861 – 1865), o exército da União lançou balões não-tripulados contendo dispositivos incendiários para causar incêndios nas linhas de batalha dos Confederados.

1918 – A empresa Dayton-Wright Airplane Co. constrói o Torpedo Aéreo Kettering, contando com Orville Wright (dos irmãos Wright) como consultor, além de Elmer Ambrose Sperry como designer dos sistemas de controle e orientação. Uma vez lançado, um pequeno giroscópio a bordo guia a aeronave até seu destino usando um sistema vácuo/pneumático, um sistema elétrico e um altímetro/barômetro aneroide.

1942 – Uma aeronave Interstate BQ-4/TDR, carregando uma câmera a bordo é guiada com sucesso até um navio alvo a partir de uma aeronave de controla, a 50 km de distância.

Interstate BQ-4/TDR

Interstate BQ-4/TDR

1951 – O UAV Ryan Firebee é projetado para ser um alvo de artilharia movido a jato. Ele evolui para um sistema de vigilância não-tripulado nos anos 1960, sendo rebatizado como AQM-34, e realizando mais de 34.000 missões ISR sobre o sudeste asiático durante a guerra do Vietnã.

1983 – O BQM1BR foi o primeiro UAV fabricado no Brasil, pela CBT (Companhia Brasileira de Tratores), sendo um dispositivo de propulsão a jato, para emprego como alvo aéreo.

1989 – Abraham Karem, na General Atomics apresenta o UAV Gnat 750. Equipado com câmeras de vídeo, ele realiza missões de reconhecimento aéreo sobre a Bósnia, sendo controlado do solo por pessoal na Albânia. Este UAV é precursor do famoso RQ-1/MQ-1 Predator, e suas variantes.

General Atomic GNAT 750

General Atomic GNAT 750

1998 – O Northrop Grumman RQ-4 Global Hawk, inicialmente projetado pela empresa Ryan Aeronautical, fornece uma ampla visão geral  – de grande altitude – e vigilância persistente usando um radar de abertura sintética de alta resolução (SAR) e sensores infravermelhos / eletro-ópticos de longo alcance.

2012 – A Lei de Reforma e Modernização da FAA de 2012 define o prazo de 30 de setembro de 2015 para que a agência estabeleça regulações permitindo o uso de UAVs comerciais no espaço aéreo dos Estados Unidos.

2014 – A BP (British Petroleum) obtém a primeira aprovação Federal para voar veículos aéreos não-tripulados sobre o território dos Estados Unidos, com propósitos comerciais. A fabricante de UAVs AeroVironment usa sua aeronave para inspecionar dutos da BP, estradas e equipamentos próximo à Baía de Prudhoe, no Alasca.

Referências

Stem Works – Microwave Journal – Outubro de 2014.

Sobre Fábio dos Reis (1360 Artigos)
Fábio dos Reis trabalha com tecnologias variadas há mais de 25 anos, tendo atuado nos campos de Eletrônica, Telecomunicações, Programação de Computadores e Redes de Dados. É um entusiasta de Unix, Linux e Open Source em geral, adora Eletrônica e Música, e estuda idiomas, além de ministrar cursos e palestras sobre diversas tecnologias em São Paulo e outras cidades do Brasil.
Contato: Website

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*